Off Shoulder – o decote a ombro

off shoulder 11

Lembramos de uma coisa que percebemos que nunca falamos aqui e nós amamos: Off Shoulder. Sabe qual é? Pode até não lembrar pelo nome, mas é certeza que conhece! Quem é que há anos, quando ainda criança, jovem ou adulta, não usou/presenciou alguém usando?  Alguns modelos específicos me fizeram sentir saudades da minha década de 90 — aquela que já deixei claro aqui ser, para mim, uns dos anos mais inspiradores e que sempre querem trazer uma ou outra lembrança para os dias de hoje – mas claro que bem antes disso já víamos estilos assim.

O modelo também é conhecido como “decote ombro a ombro” e lembrado até por blusa cigana. Pois é, impossível não recordar de anos passados só de olhar a peça. Entre esse estilo de “decote”, a que se destaca mais no meu gosto é a ajustadinha. Escolhendo usar com peças que equilibram fica incrível. Como gosto mais dos modelos colados, já me imagino logo com um jeans, calças cintura alta, shorts cintura alta, aquela saia skater incrível, uma saia midi ou um vestido já com off shoulder.

off shoulder 3

 

off shoulder 13

off shoulder 15

A campeã do meu coração com os tops favoritos é a American Apparel. Sei nem o que fazer toda vez que vejo, a vontade é de levar 1 de cada pra casa. Mangas longas ou curtas, crop ou longo, é definitivo, os ajustados ganharam lugar especial entre as coisas que amo.

off shoulder 14

off shoulder 9

 

Claro que não é por nada que diversas lojas vendem o estilo, está mesmo sendo usada há um tempo. Ainda não encontramos com tanta frequência em lojas populares nacionais, mas óbvio que tem em algumas, tipo a Mundo Lolita e, ainda, encontramos em alguns lindos em milhares internacionais (que sempre falamos aqui e que entregam no Brasil <3): tipo ASOS, Romwe, Urban Outfitters, tem também na Choies e outras.

off shoulder 1

O da Emma Watson ficou lindão <3.

off shoulder 2

E sobre a Scarlett e seu modelo a gente fica até sem ar, né? Que mulher, gente! ❤

Viciamos nelas! Vocês curtem?

Qual o modelo favorito, a soltinha tipo cigana ou as ajustadas ombro a ombro?

Um beijo!

Advertisements

Burnout/desgastado <3

burnout 8

Hoje é sobre a nossa paixão por camisas/vestidos ou quase qualquer peça burnout. Tá… Agora, o que é isso? Para quem não se sentiu familiarizado com o nome, esse é qual dão para a peça que passam por um processo químico até que fique com o aspecto de desgastado.

Não é de hoje, é de muito tempo, mas ainda tenho visto diversas vitrines que aderiram o tipo, entre elas a sempre eternamente comentada aqui Topshop, a Renner e, ainda, a Urban Outfitters. É um enorme encantamento com esse tipo de tecido <3. A peça também é conhecida como devorê, apesar de que, pelo menos eu, reconheço a minha favorita mais como a burnout, já que, em diversas lojas, os modelos devorê são cheios de variações.

burnout 1

burnout 6

Seus desgastados nem sempre são apenas simples desgastados, alguns ainda recebem estampas por cima ou outro tipo de desgaste (falando sobre o nome devorê), o burnout também — estamos falando da mesma coisa, só para ficar claro –, mas como me acostumei a ver, as marcas que reconhecem peças como burnout (normalmente internacionais, claro), costumam ter/fazer peças mais sóbrias, ainda que recebam uma aplicação ou outra, elas são mais básicas – esse é o caso dos modelos da Topshop. De qualquer forma, os termos utilizados são esses.

Tem desgastado em formato oncinha, outras com listras, outras com estampas variadas, outras em veludo e por aí vai… Mas a base mesmo é o fato do tecido passar pelo processo e receber o desgaste.

A minha favorita é aquela simplesmente com carinha de camisa velha, sabe? E as que mais desejo tem no tom cinza/preto, essas conseguem destacar mais ainda o tipo “envelhecido” da roupa, por isso prefiro. Comprei uma IDÊNTICA, sem exageros, a da Topshop (aqui), só que na Renner, e no lugar de me custar R$ 89, custou R$ 39,90 <3.

Essa é a minha da Renner, igual a da Topshop

Essa é a minha da Renner, igual a da Topshop <3.

burnout 4

Essa azul é a da Topshop, igual a minha (também tem a cinza dela).

burnout 5

Mas não tem só nessas duas lojas, esse tipo tá em todos os lugares e acho que de sempre para sempre, porque é tão básico que, simplesmente, dificilmente ela deixar de rolar com o todo do look. Já encontrei na Forever e aqui da Forever também, Oh Boy!, Cantão, Farm, ASOS, Urban Outfitters (que tem até modelo com estampa James Bond aqui <3), American Apparel, todas as da Topshop aqui, Renner e diversas outras, aí o importante é escolher a sua favorita. Como mencionei, a minha favorita é apenas a envelhecida, seja no tecido basicão ou até mesmo no veludo.

burnout 9

E vocês, curtem? Qual a favorita?

Aproveita que outro feriado tá chegando YAY! e tem super a cara de um conforto.

Se ainda não tem, aproveita que deixamos os links de diversas aí!

Um beijo!

Sola tratorada

sola tratorada 1Detalhes que nem sempre passam batidos é o caso da sola tratorada (odeio a palavra tratorada). Apesar de parecer algo pequeno, esse “detalhe” está mais do que em evidência. Não, não é de hoje esse tipo de solado, mas estamos acostumados com o fato de algo surgir, sumir e depois voltar na moda, certo? Esse é o caso do sapato que se destaca em mais uma coleção de outono/inverno de algumas marcas.

A característica da sola cabe para quase qualquer sapato, não só boots ou plataformas, também está em modelos tipo rasteiras e sapatos com salto alto, oxford e outros. Nós adoramos esse destaque trator que cria aquele ar grosseiro, mas que, ao mesmo tempo, equilibra perfeitamente com um vestido floral, por exemplo.

sola tratorada 7

sola tratorada 6Gostamos muito dessa mistura de algo aparentemente “delicado” combinado com uma peça mais “grosseira”, o look ganha mais força e passa segurança. Saia skater, shortinhos jeans, vestidinhos e calças vão muito bem com a sola tratorada, que podem fazer toda a diferença, mesmo estando apenas no solado do sapato.

Tem um modelo em específico que se tornou comum nos pés da galera que curte moda, é uma plataforma, não chega a ser bota e nem um sapato totalmente aberto. Ele é bem diferentão, mas é bonito, é o modelo da Stella McCartney. Desde que lançadas, não vimos mais fora dos pés das pessoas que curtem a ideia. O modelo se tornou tão comum que muitas lojas se inspiraram e criaram iguais ou adaptações.

sola tratorada 2

Modelo Stella McCartney

A gente até fala quase sempre das mesmas lojas, mas é que não tem jeito! Além de referências de moda pra gente, nelas sempre encontramos muitas das coisas que desejamos. É o caso desse tipo de sapato, já é quase maioria nas lojas Topshop, vários também na Urban Outfitters, Nasty Gal, o amado Jeffrey Campbell, encontramos na Romwe, Zara e, como falamos, Stella McCartney.

Vocês gostam? Conta aí!

Um beijo.

Mochilas: praticidade e casualidade

mochilas 12

Lembro perfeitamente, na década de 90, quando em um certo período passei a usar bolsa tipo mochilinha para ir para o colégio, aquela mais arrumadinha — sem ser aquele mochilão comum que já usei diversas vezes. Adorava! Tinha ganhado algumas opções da mamãe e achava demais! E como tudo que vai volta, as mochilinhas ganharam diversos formatos e voltaram a conviver com a gente.

Mochila sempre foi algo bem casual, cara de dia, tarde e correria e, para isso, não custa nada escolher a nossa favorita e deixar o todo mais bonito, certo? A ideia é vintage (essa palavra que não sai daqui, rs), mas o acessório ganhou estampas e modelos novos, fazendo uma mistura incrível entre o tradicional e o moderninho, criando um super desejo por elas.

Tem estampa floral, tem jeans, tem de couro, estampas étnicas e diversas outras opções de mochilas. O ideal é usar com tênis, rasteiras, botas. Já a roupa pode ir desde o nosso eterno jeans, com calças, shorts, jardineiras, até uma saia midi, skater, vestido e outras opções casuais. Depois de ter uma, difícil é largar.

mochilas 7

mochilas 3

Pesquisei algumas lojas que vocês podem encontrar algumas delas, consegui várias opções e de vários preços, é só escolher a que mais cairia bem em você. As minhas favoritas são as de couro, pretas, sem muitos detalhes, mas teve uma que morri de amores, encontrei da Riachuelo (!!!), linda, marrom, de camurça e de franjas. Foi, realmente, amor a primeira vista.

mochilas 1

mochilas 9

Na loja Marisa tem preta com spikes por R$ 69,99 (aqui), um dos meus modelos favoritos, como tinha dito, é a preta basicona, tem aqui na Oh Céus Store — já falei dessa loja para vocês? já comprei lá e adoro –, étnica também na Oh Céus (aqui), bandeira UK (aqui), oncinha com tachinhas, estampa floral na Black Owl, jeans na Trecos de Panos, couro marrom no Enjoei, as maravilhosas da Urban Outfitters (que já falei aqui que é uma das minhas marcas favoritas <3): mochila marrom de franjas, marrom básica, preta básica e um dos modelos mais vintages que já vi aqui. E, ainda, os da Romwe: azul básica aqui e preta tipo couro aqui. Em todas essas lojas que marquei vocês conseguem encontrar mais modelos, mas essas foram algumas das que escolhemos.

Já tem uma? Conta pra gente o lugar que compraste!

Tem alguma pergunta? É só mandar aqui.

Beijo em vocês!

 

(mais inspirações na galeria – é só clicar na miniatura):

Fenda, é bom ver você sempre por aqui

saia fenda lookbook

Tá aí um corte que é simples, mas que faz toda a diferença em um vestido ou saia. Há tempos as fendas estão por todas as partes e enquanto reinventarem peças assim, elas estarão por aqui. Nas laterais, na frente e na parte de trás, elas podem ser posicionadas de várias formas, ter diversas alturas de cortes e, ainda, ter mais de uma fenda em uma só peça.

A fenda sempre valoriza a peça! Impressionante como quando uma roupa não tem nada de super demais, mas com uma corte já faz toda a diferença. Tenho algumas peças algumas de coleções passadas da Farm, outra da Romwe, uma recentemente comprada na Topshop e da Urban Outfitters (outra loja amada do meu <3)… O bom é que como a fenda está pra gente há tempos, tem em tudo quanto é loja. Vi também na Renner, Riachuelo, C&A… Claro que vale pesar modelo, estampa e qualidade, pra ver quando é legal investir, mas o melhor é a facilidade para achar e diversidade nos valores.

vestido fenda lookbook

saia fenda lookbook 3

saia fenda lookbook 7

Essa é umas das que tenho, é a da Farm. Já usei tanto que tá quase se desfazendo.

Essa é umas das que tenho, é a da Farm. Já usei tanto que tá quase se desfazendo.

Essa é uma das que ainda estão sendo vendidas na Renner, por 99 dinheiros. Esse modelo é bem parecido com uma da Farm, até na estampa, mas claro que a qualidade cai mais ainda.

Essa é uma das que ainda estão sendo vendidas na Renner, por 99 dinheiros. Esse modelo é bem parecido com uma da Farm, até na estampa, mas claro que a qualidade cai mais ainda.

Acho que a fenda deve continuar, ainda, em muitas coleções por um bom tempinho, podemos ver que ela ainda não deu nem a chance de ir embora. É uma das coisas que eu já podia ter enjoado, até como já falei que costumo enjoar rápido das coisas que estão muito em evidencia e por um bom tempo, mas ainda defendo as fendas.

Só cuidado pra não virar piada, forçando a barra pra colocar, exageradamente, as pernas fora da fenda na hora de bater fotos (risos). As fendas são naturais, lindas e suas lindas pernocas já vão aparecer facilmente só naquele andar natural e esvoaçante (rs). Acho que o lance da fenda é esse, naturalidade e a simplicidade que fazem ficar mais incrível ainda.

saia fenda lookbook 6

vestido fenda lookbook 2

saia fenda lookbook 4

Então, faz assim, sabe a tua saia velha que tá jogada no armário? Pega e faz uma fenda, além de ressuscitar uma saia que nem tinha mais uso, ela vai virar uma peça nova, básica e amada de novo. Antes de me livrar de uma peça, sempre tento fazer experimentações com ela pra tentar voltar a usar. É sempre uma boa.

Vamo lá fazer experimentações? 🙂

Um beijo!