Shake It na Forever 21!

image (17)

Há, mais ou menos, 2 semanas o Shake It decidiu visitar a tão esperada Forever 21, a das peças ótimas e de precinhos, qual as filas estavam dando voltas e voltas assim que inaugurou. Aproveitei a viagem para SP e Rio e decidi passar nas duas lojas inauguradas no Brasil, a do Shopping Morumbi e a do Shopping Village Mall para ver como tava de novidades e, claro, ver o que tinha de bom e aproveitar para comprar o que interessasse.

Por sorte não peguei nenhuma fila, assim como por azar também não peguei quase nada de bom comparado com as peças que eu sabia que tinham “voado” por lá. Logo estranhei não passar por filas, que, pelo menos uma semana antes, tinha uma daquelas de dar voltas dentro do próprio shopping. Quem acompanhou por alguns sites conseguiu ver que chegou a ter fila de espera de 5 horas, por uma dessas eu não conseguiria passar, claro, o amor é grande mas também não é desumano, não para isso rs.

image (16)

Visitei primeiramente a de São Paulo, claro que em 2 andares de loja ainda era possível encontrar peças que valiam. Os preços, realmente, brilhavam os olhos: blusas de R$ 25, calças jeans cintura alta por R$ 85, vestido midi por R$ 47 e até menos que isso, bijuterias baratinhas e por aí vai. Ok, a qualidade a gente sabe que não tem como ser das melhores, mas entre as peças que comprei, até então (faz nem 3 semanas e tem coisas que ainda nem usei rs), estão todas inteiras, tirando um anel que comprei que a pedrinha já era fuén. Era notável que a loja já não tava tão cheia de peças quanto deveria. Em São Paulo consegui comprar um kimono incrível por R$ 83, um colar por R$ 15 e uns anéis por R$ 15 cada, além de outras peças que comprei, mas acabei trocando na Forever 21 do Rio de Janeiro.

  • Kimono que comprei ❤ por R$89. As outras peças vocês vão ver nos próximos lookbooks, rs. E tem o presentinho de vcs também — sim, a gente não ia esquecer –, falo sobre essa surpresinha no final do texto.

No dia seguinte já fui pro Rio, e aí já passei na Forever de lá, a situação foi outra, apesar de não ter fila para entrar, na hora de pagar tinha uma enorme, desisti até de provar as poucas peças que encontrei por conta da fila do provador, que tava tão grande quanto. Sim, as pessoas meio que voavam nas peças bonitas que encontravam. Não tinha mais quase nada! As peças que encontrei: uma mochilinha de couro, saia midi verde com botões, uma saia skater daisy print e uma blusa cavada com estampa tribal. Apesar de, aparentemente ter encontrado peças mais diferentinhas na do Rio, a loja de São Paulo estava bem melhor. De todas essas que encontrei no RJ, todas foram garimpadas, praticamente. Encontrando jogada pela loja, no caixa de pagamento, sem ter outras peças iguais. Quase desisto.

forever 21 24

Depois de mais uns dias no Rio para ver o sensacional show da minha vida do Arcade Fire, tive que voltar para São Paulo para os shows do Lollapalooza, e depois de toda a maratona de shows me restaram quase que dois dias ainda na cidade para comprar presentinho que tinha esquecido, então decidi voltar no Shopping Morumbi, lá, entrei mais uma vez na Forever 21, dessa vez a loja estava vergonhosamente vazia, não era possível encontrar absolutamente nada de interessante ali, fiquei assustada! Nunca tinha visto uma loja tão vazia em toda a minha vida.

Em entrevista para o Exame, uma vendedora  da loja informa que o estoque que era previsto para 3 meses de vendas, acabou em aproximadamente 3 semanas. Eles, definitivamente, não esperavam essa correria pela loja. A loja acabou ficando um tempo vazia na espera das novas mercadorias e clientes ainda se decepcionavam com o fato de ter peças lindas nas vitrines, mas que não podem sair de lá, pois elas são vitrines mundiais e só podem ser trocadas com a autorização da sede, mesmo que não exista mais qualquer daquelas peças expostas.

Agora a loja já recebeu novas peças, e a dica para quem quiser ver as melhores é ir pela parte da manhã, já que eles renovam o estoque todos os dias, quando a loja fecha. As filas? Voltaram de novo, claro. rs. Quando vamos conseguir comprar tranquilamente com loja cheia de roupas?  Bom, vamos esperar para ver.

O melhor de tudo isso? É que não podíamos esquecer de trazer um presentinho para vocês, claro! Nos próximos dias, vamos sortear uma peça que trouxemos da Forever para vocês! 😀 Fiquem de olho no Shake It!

Um beijo!

Lookbook #5: Either Way

lookbook 5

Dia de mais um lookbook! Esse, que já é o quinto, chega na véspera do feriadão, pronto para sugerir misturas nos looks escolhidos para as nossas várias programações. Saia skater com estampa, top básico, blusa jeans para compor e as amadas cut out boots. Um look simples para tarde/noite sem precisar passar calor (no caso de Belém e em qual lugar mais estiver rs). Fotos do Mário Camarão e make da Nay alguém duvidava? <3. (Todas as fotos do lookbook #5 na galeria de imagens, final do texto)

Iniciando por uma das peças que considero importantíssima no todo: a saia. Já falamos de saia skater por aqui, não é? Esse tipo de saia é quase que universal, cai bem nas magrinhas, gordinhas, altas e baixas, só basta escolher a favorita. A cintura alta/ajustada e o fato de ter um tecido que não fica colado no quadril, valoriza a ideia toda. Essa é da Farm, coleção antiga — antes da Lola & Tom, comprei em uma promoção maravilhosa! Apenas R$ 48 (!!!). Não dei tanta bola pra ela logo no começo, até por ser bem curta e, apesar de não me importar com isso, a gente sabe que algumas peças chegam a tirar o nosso conforto, mas no caso dessa, usando sem salto alto já rola, além disso, depois notei que conseguia casar a saia com diversos estilos de blusas para mudar as ocasiões de uso.

O top é da marca Topshop, já usei o mesmo no lookbook #3, do Kimono, lembra? Certeza que ele ainda vai aparecer aqui outras milhares de vezes, não tem jeito, é uma peça que vai como base com quase tudo. Recentemente (duas semanas), fui na Topshop do JK, em São Paulo, e vi que ainda tem modelo parecido. Quem mora por lá, claro, pode aproveitar. Vocês também conseguem um modelo parecido aqui e, ainda, contamos possibilidade gigante de encontrar outros idênticos e básicos em vários lugares ou até de pedir para uma costureira fazer, de cortar camisetas pretas e compridas em casa e por aí vai.

A blusa tipo jeans clarinha é Calvin Klein, comprada/trocada em um brechó que eu e uns amigos fizemos há um bom tempo. Bazar é algo divino, né? Só de pensar em peças incríveis que a gente pode conseguir com precinho já anima. Blusa jeans de mangas compridas não tem segredo para achar hoje, certo? Indo na Riachuelo, C&A, Renner, Farm e diversas outras a gente acha facilmente.

E sobre cut out boots: também já falamos aqui (nosso primeiro post sobre moda <3)! Amo a ideia de botinhas vazadas. São confortáveis, ventiladas, curtas, lindas e, no caso dessa minha, cai bem desde o trabalho até a balada. Falamos pelo nosso Instagram e Facebook assim que encontramos essas nas prateleiras da Renner. Compramos por R$ 179 bem investidos e não tiramos mais dos pés. Faz mais ou menos 1 mês desde o dia que compramos, mas fui até a loja esses dias e ainda vi alguns tamanhos. Curtiu? Corre!

Gostou da simplicidade das peças e o resultado final de todas juntas?

Alguma dúvida ou sugestão? Só comentar aqui.

E ah, aproveito para antecipar que vamos reduzir as postagens aqui durante esses dias de feriadão, porque sabemos que vocês estão loucas para aproveitar esses dias fazendo nada ou jogando tudo para o alto. Mas vamos continuar com as nossas publicações no nosso Facebook e Instagram para quem ainda estiver de bobeira.

Beijo e bom feriadão!

(Galeria fotos lookbook #5) 

Saia Skater: paixão de sempre e para sempre <3

skater 3

Um dia desses descobri que essa saia tão amada era chamada de Skater. Não é de hoje que ela existe, sempre gostei dessas sainhas, mas vamo combinar que a comercialização delas acaba de crescer mais, mas que ainda assim, apesar de parecer comum e, realmente, ser comum, ainda não encontramos várias cores e estampas dela por todos os lugares tão facilmente.

Recentemente me perguntava qual a dificuldade das pessoas em produzirem peças acinturadas, como as saias tipo skater. Porque nós sabemos que calças, shorts e saias de cintura baixa, encontramos milhares, mas a skater, que é acinturada, apesar de também não ter nenhuma dificuldade em seu corte, não encontramos assim.

???????????????????????????????

skater 2Lojas como Riachuelo, C&A, Renner, Farm, Dress To, Forever 21, Motel Rocks e entre outras já fizeram alguns modelos, mas ainda não lideram entre as peças (com exceção da Forever e Motel, que já fizeram vários modelos). Para mim, a skater deveria ser comercializada como qualquer saia, se conseguem fazer diversas estampas e cores de saias todas iguais, de corte igual, colada e cintura baixa, por que não fazer o mesmo com a skater? Seria mais uma opção de modelo.skater 8

skater 7

Atualmente, a Riachuelo tá com um modelo que é a preta, básica e linda para combinar com blusas estampadas, não estampadas e de vários modelos. Fui lá e comprei por R$ 70, também encontrei modelo em outras lojas: na Bardot, na C&A, na Renner… Em são Paulo, encontrei na Zara, Topshop e na galeria Endossa.  O que mais importa é que com sapatilhas, botas, saltos, tênis, rasteiras e com vários tipos de blusas a saia fica bem. É por isso que amo esse tipo de saia, ela é completamente universal e conversa com quase todas as suas outras peças!

Além de tudo, esse modelo de saia valoriza! Por marcar apenas na cintura, e no restante soltar, ela tem uma super leveza, fica bem nas gordinhas e magrinhas, nas meninas que tem a cintura marcada e até nas que não possuem essa cinturinha tão definida.

Essa aqui é uma das que tenho, a da Bardot. E a foto é uma novidade que, em breve, o Shake It! vai divulgar. <3

Essa aqui é uma das que tenho, a da Bardot. E a foto é uma novidade que, em breve, o Shake It! vai divulgar. ❤

Vamo comprar várias estampas e cores de skater e aproveitar essa universalidade delas ❤

Gosta de skater? Já tem? Compartilha com gente o lugar que encontrou e quanto foi pra facilitar a vida das que ainda buscam a perfeita!

Um beijo!