Calças culottes

calça culottes 20

Uma moda que agrade todas as pessoas é uma tarefa impossível. Sempre vai ter alguém insatisfeito, isso graças a nossa diversidade. Mas quem disse que isso é algo ruim, não é? É bom saber que tem moda e gosto para todos. Sabemos muito bem que, quando se trata da escolha na hora de vestir, o que realmente importa é se sentir bem. Tá, mas sobre o que queremos falar? Das calças curtas. Não é qualquer calça curta, como já tivemos a moda da calça capri, por exemplo, rs (quem lembra?), mas sim as curtas e pantalonas no estilo alfaiataria <3.

As calças curtas, também conhecidas como culottes, estão aí e não é de hoje. A versão atual delas é totalmente repaginada, claro. Afinal, as culottes são históricas, de origem francesa, utilizada pela nobreza européia. Essa peça, feita por alfaiates, tinha uso militar e, ainda, para montaria. O primeiro modelo tem basicamente o mesmo comprimento, porém elas afunilavam passando o joelho, e as de hoje já são diferentes, são soltas, até pantalonas.

calça culottes 9

calça culottes 13

calça culottes 21

Lembro bem em 2013, quando uma amiga chegou a comentar comigo sobre ver pessoas usando e, a mesma, simplesmente não se imaginava em uma. A ideia é ter as culottes como as calças de 2015. Mas aí fica a pergunta, o que vocês acham delas? Acho completamente lindas e elegantes finas e sinceras.

Elas são de cintura alta, normalmente naquele corte que precisa se ajustar no corpo de cada pessoa e possuem a “boca” larga. Quem está acostumado a usar saia midi já se sente mais familiarizado com as culottes, até por, em muitos casos, parecer bastante com uma saia. Não sou fã de todo e qualquer modelo, as que mais me agradam são as “menos” pantalonas. Inclusive, não sou total  fã de pantalona, por isso a minha preferência pelas que não são tão grandes. Tem uns modelos, em algumas lojas, que nem são chamadas de culottes por não ter pantalona, por sinal, até prefiro dessas que são curtas e com uma abertura média nas pontas.

calça culottes 5

calça culottes 1

calça culottes 2

Pelo que já foi visto, essas calças são usadas com saltos, rasteiras, botinhas e etc, vi até com tênis. Uma das grandes preocupações de pessoas é sobre usar ou não usar o estilo, no caso de quem é mais baixinha, muitas acham que podem ficar mais baixas ainda, mas ó, acredito ser questão de costume, porque quem usa saia midi sabe bem que já está na mesma linha. Isso tudo é uma questão de se sentir ok e ter segurança, claro. Por isso sempre falamos: o importante é se sentir bem.

Sobre os modelos de blusas utilizadas com a peça: vai variando. Mas a preferência de muitas está nas mais coladas e nas croppeds justinhas também, na ideia de contrapor com a calça solta. A minha favorita é com blusa curtinha e ajustada mesmo e, se ela for de um tecido mais fino, o look é capaz de ficar mais elegante ainda.

calça culottes 6

calça culottes 8

Infelizmente, para quem curtiu, adianto não ter encontrado muitos modelos em lojas brasileiras. Tem a da Farm aqui, mas naquele preço que vocês sabem — sem contar que nem curti pelo caso de ser muito pantalona e não ser tão curta. Mas encontramos, inacreditavelmente, um modelo lindo, da Topshop aqui, com venda pelo site Dafiti por apenas R$ 49,90! SIM, SÓ ISSO MESMO! Nem acreditei! Achamos também nas lojas físicas da Forever 21 (SP e RJ). E, ainda, na ASOS aqui, ela entrega no Brasil, mas convenhamos que o momento não está incrível para compras internacionais. De qualquer forma, já temos algumas opções e, se agora pegar mesmo, vamos ver muito mais por aí.

E então, mas o que vocês acham mesmo delas?

Vota aqui:

Beijo!

Advertisements

Agora tem Topshop na Dafiti!

topshop dafiti 2

Depois de um longo – nem tão longo assim, vai 😛 – período de férias, aqui estou para trazer novidades e BOA novidade, por sinal. Uma é que, agora, vocês podem comprar Topshop na loja online Dafiti. Sim, para quem não mora na capital paulista ou Ribeirão, sabe que não é tão simples comprar uma peça.

Além da novidade na Dafiti, há um tempo ficamos sabendo do serviço de vendas via Whatsapp, que a loja do Brasil tem feito. Se você ver alguma peça/acessório no site ou Instagram do perfil da @topshop_br, você pode entrar em contato com o número indicado via Whatsapp, receber atendimento com tudo o que se tem direito, como verificar tamanho disponível, receber fotos e outros detalhes de atendimento e, assim, combinar o pagamento.

topshop dafiti 1

 

topshop dafiti 3Achamos tudo isso bem legal, mas não supera, em termos de praticidade, ver em um site, colocar no carrinho, pagar e receber em casa, por isso adoramos a possibilidade de poder comprar peças via Dafiti, assim vemos tudo o que disponibilizaram por lá, escolhemos e compramos. Não vamos negar que é maravilhoso o atendimento via Whatsapp! Eu já experimentei e tiveram toda a paciência de me apresentar peças parecidas com aquilo que eu buscava. Recomendamos.

A verdade é que as duas opções possuem os dois lados, afinal, pelo site você não tem o estoque completo do que se encontra na loja, mas tem a possibilidade de ver tudo ali na hora e escolher logo. Nós ficamos super animadas com a nova possibilidade, até por imaginar que, como as vendas acabaram de começar, devem disponibilizar cada vez mais peças.

topshop dafiti 5

topshop dafiti 4

Uma outra vantagem de poder escolher roupas via Dafiti é ter a possibilidade de consultar de cara os valores e ver o que tem em promoção ou não. Aliás, olhamos lá e já vimos que a maior parte das peças estão em promoção.

Não compro mais na Topshop por questão de valores mesmo. Costumo aproveitar para visitar a loja  quando vou por São Paulo, principalmente se for no período final de janeiro/fevereiro, um dos momentos que encontramos promoções. Com a venda online e Whatsapp a situação é outra, não é? Ahahaha.

Algumas das peças que adoramos:

E então, quem aí curte Topshop e adorou a novidade?

Beijo!

Gargantilhas 90’s

choker tattoo

Moda anos 90 não para por aqui! Vocês vão me matar se ficar falando dela? Não, né? É mais que notável a volta dela na moda há um bom tempo, sempre falamos e, além disso, como vocês podem perceber, eu sou super incentivadora de quase tudo o que lembra essa década. E, agora, adivinha quem está por aí dando o ar da graça… a gargantilha tipo de fitinha preta e a gargantilha tatuagem <3. O quão isso podia parecer cafona ou ainda é para muitas pessoas? Pois é, eu acho demais reviverem esse colar.

Lembro de ver em tudo quanto era lugar: personagens na TV, cantoras, nós <3, todas usando esse tipo de acessório. Eu amava demais o meu, não tirava para quase nada. Mas depois, quando some, as pessoas passam a achar aquilo uma das coisas mais cafonas do mundo, mas confesso que continuo achando lindo.

choker 8

choker 5

Assim, decidimos mostrar para vocês as diversas lojas que estão apostando nessa volta, vendendo alguns modelos dos mais básicos até alguns diferentes – sim, eles voltaram com adaptações — e, claro, aproveitamos para inspirar vocês com várias pessoas usando e deixando as ideias no ar para quem quiser usar.

choker tattoo 4

choker 2

choker tattoo 6

Não guardou o seu e quer um, rs? Achamos vários aqui no Aliexpress, e o melhor é que é super baratinho! Encontramos na ASOS, na Claire’s (que inclusive foi o que amei – aqui), na Topshop com diversos modelos aqui e tem até o de tribal (link) pra ficar mais 90’s ainda. E por aí vai. Só para vocês terem ideia do quanto está rolando.

choker 7

choker tattoo 3

choker 6

Mas sabe o melhor de tudo isso? É que podemos fazer os de fitinha em casa mesmo! Casa da costureira tá aí para isso! Tá cheio de fitinhas para vocês escolherem! Além disso, as lojas de bijuterias do comercio vendem até hoje os de tatuagem.

Estamos feitas, né? Acessório baratinho, muito simples e que pode fazer toda a diferença com a roupa escolhida.

E aí, curte ou ainda acha cafona? Não adianta negar o passado, rs.

Beijo!

Especial Rock Shake It

rock 14

Chega de tristeza. Bora acabar com esse clima de velório, galera. Vamos falar de coisa boa? No próximo domingo, 13 de julho, é dia mundial do Rock e dia do meu aniversário hihihi <3. E ok, não o Rock precise de data para ser comemorado, mas é sempre bom lembrar desse gênero que já inspirou mil e um momentos incríveis nas nossas vidas, assim como nos confortou em outros. E é por toda a sua importância que vamos fazer um Especial Rock Shake It YAY.

Independente de período, momento ou qualquer época, sempre tive um relacionamento seríssimo com o estilo em termos de vestir, não é de graça a minha paixão por botinhas, preto, muscle tee, couro, jeans skinny, camisas soltonas, algumas camisas de bandas e por aí vai. Em relação a isso, vamos combinar que, às vezes, é um pouco chato e rola um exagero com essa “moda” rock fazendo tudo de uma maneira bem superficial de ser, mas sabemos que o estilo tem toda uma influência, história e vai muito além de ser apenas usar camisas de bandas ou peças rock.

rock 1

rock 12

rock 15

Mas ok, ao mesmo tempo, popularizar a moda deixa tudo mais acessível e, quem sabe, até ajuda pessoas a criar um certo interesse pelo estilo musical. Sempre que passamos por lojas como Riachuelo, Forever 21, Renner, vemos as vitrines repletas de peças mais roqueiragem, não é? Sem contar as lojas que já adotam o estilo em sua essência, desde sempre; Motel Rocks, Topshop e outras. O importante é que, definitivamente, não tem como fugir desse estilo que virou febre até por quem não tem interesse pelo gênero.

Temos acompanhado as lojas e o legal da popularização é que conseguimos comprar peças bem acessíveis. Para quem gosta, já até mostramos aqui algumas peças da Riachuelo e Renner, que além das bombantes camisas de bandas, encontramos as botinhas, bolsas, calças, couro e outras coisas que nos remetem ao mundo dessa maravilha rocker por lá.

rock 3

rock 16

rock 21

rock 18

Você também é uma dessas pessoas apaixonadas pelo estilo? Então, aproveita para inspirar com as fotos e vai! Sem medo de ser feliz.

Ah, ainda sobre o dia mundial do rock, não vou deixar de aproveitar para falar que, para os apaixonados por Simpsons, hoje o canal fechado FOX vai fazer o especial rock, o “Hoje é dia de Rock, Bebê”, a partir das 22h30, com os episódios que contam com a participação de bandas tipo Blink 182, Metallica, Coldplay, White Stripes, entre outras bandas, na versão dos amarelinhos homenageando esse gênero tão amado <3.

rock simpsons

É isso, vamos aproveitar as programações roquerage que a data nos oferece, nada mais do que a famosa desculpa que queremos para viver celebrando.

Um beijo!

rock 7

rock 13

rock 17

rock 9

rock 20

Lookbook #8: Country Disappeared

 

Lookbook 8 - crédito foto Mário Camarão (3)

Sim, nós sabemos, a vida tá só Copa e praticamente não conseguimos pensar em outra coisa, mas vamos fugir dessa um pouquinho só para contar o nosso Lookbook #8. Esse tem algumas das minhas peças favoritas – como poderia não ser favorito meu, né? Blusa gola com laço, cintura alta, bota estilo cowboy, bolsa de franjas e tudo isso na Estação das Docas, com fotos do Mário Camarão. (Fotos Lookbook 8 completo na galeria – final do texto)

As blusas com laço na gola, também conhecidas como pussy bow blouse (sim, esse é o nome), nos remetem a moda da década de 60 e 70 e não só de lá! Começaram a se popularizar na década, mas essa é mais uma das peças que vão e voltam. O modelo é lindo, pode ser feito em casa e, ainda, encontramos em algumas lojas por aí. Que tal pegar aquela blusa de gola, de mangas ou não, pegar aquele lenço e fazer um laço na gola abotoada? Uma blusa que era básica e formal, pode se tornar uma novidade no seu guarda-roupa. Mas para quem quiser comprar pronto, tem na ASOS aqui (alertando: recentemente, o prédio central deles sofreu incêndio e as encomendas de lá devem atrasar mais um pouco).

Sobre a calça jeans cintura alta: já foi falada aqui em outro lookbook, mas em uma versão jeans claro. Como falei antes, essa calça era/é um sonho de consumo encontrado na Topshop. também já falei quanto me custou: em “promoção” tava por R$ 189, mas logo depois ficou bem mais barata. Comprei tem um tempo, mas, recentemente, vi que ainda tem muitas lá. Essas calças nunca saem das coleções deles.

Passando para as botinhas <3, essas são do estilo cowboy. Em um post (aqui) já deixamos dicas de usos delas. Essa aí é da Dumond, foi presente. Sei que os sapatos lá não são dos mais acessíveis, mas indico para vocês: eles valem a pena! Em lojas, não encontramos mais esse modelo específico, mas lá temos mil motivos para nos apaixonar. A nova coleção tá linda, por exemplo, cheia de botas e uma ou outra no estilo da minha.

Já a bolsa, também foi mencionada outras vezes aqui, essa foi achadão na Yamada. Contei a minha saga para vocês, né? No final de 2012, eu estava enlouquecidamente em busca de uma, até que a minha mãe fez o favor de encontrar uma na loja Yamada (!!!) e comprou pra mim. Essa custou R$ 200. Apesar de não ter mais esse exato modelo por lá, o que não falta é bolsa de franja por aí. Tem na Renner, na Riachuelo e essa aqui na Black Owl! Tá ótima, né?

Agora, sim, podemos falar de Copa de novo, risos. Alias, já até comentei que tô sofrendo por antecipação só pensando na hora que acabar 😦 Mas, é isso, vamos curtir enquanto temos.

Um beijo!

 

Lookbook #6: Hotel Arizona

look2b (1)

Melhor dia da semana, mais conhecido como sexta-feira, chegou e, hoje, aproveitou pra trazer o lookbook #6, o Hotel Arizona Wilco minha vida você combina com qualquer coisa, que tá pronto para deixar dicas e te inspirar para sair nesse e em qualquer outro final ou até dia de semana. A edição #6 tá cheia de prometidos nas nossas vidas, chegando aí um monte de paixão: calça jeans cintura alta, top básico, turbante e óculos escuros redondinhos <3. Fotos por Mário Camarão. (Todas as fotos do lookbook na galeria — final do texto)

Vamos começar com a calça jeans cintura alta? Pois é, essa aí era mais que sonho de consumo e vou te contar que eu procurei demais (!), até que um belo dia em São Paulo, passeando pela eterna Topshop, encontrei milhares delas! Parece fácil, mas no fundo nós sabemos o quão difícil é, mesmo hoje, achar calças jeans de cintura bem alta MESMO e que vistam bem, que é o caso dessa. Ela se ajusta perfeitamente no corpo. Foi desesperador (de alegria) quando entrei na loja e vi, simplesmente, diversas calças no mesmo estilo. Jeans escuro, claro, claro desbotado, jeans médio, preta, cinza… Como eu provei, amei e sabia que não tava tão fácil de achar assim, decidi comprar logo dois tipos dela, essa clara e uma escura. Em “promoção” tava por R$ 189, mas logo depois ficou bem mais barata. Comprei tem um tempo, mas recentemente vi que ainda tem muitas lá. Essas calças costumam ser eternas na loja, não importa coleção.

O top curtinho também é da Topshop. Como disse em lookbooks anteriores, ele, definitivamente, sempre vai marcar presença na minha vida e em diversas outras edições aqui. Versatilidade define essa peça. É uma daquelas universais, vai com quase tudo que tem no seu guarda-roupa, então, sempre vale a pena, principalmente quando custa tipo o que esse me custou: R$ 39. Também torno a dizer nessa 6ª edição, pode até não ter mais o mesmo na Topshop, mas você encontra outros no mesmo molde por lá, caso queira outra opção, mostrei também que é possível achar na Renner, Forever 21 e, ainda, fazer adaptações em nossas próprias blusas, aquelas que a gente já até cansou de olhar.

A novidade da vez é o turbante. Apesar de não ser algo novo na minha vida, esse é o primeiro lookbook com o acessório. Nós já prometemos vídeo/tutorial sobre como fazer um de maneira bem simples e com lenços ou tecidos que você tenha em casa, pois é, como promessa é dívida, a gente não esqueceu e prometemos cumprir em breve! Já falamos também sobre eles em um post com ideias do que usar em um festival (aqui). O interessante é a capacidade dele de mudar lindamente todo o visual, não é? Esse eu comprei na Galeria Endossa, em São Paulo. Encontrei vários modelos/estampas deles por lá. Quem quiser uma outra opção, encontrei também nas lojas Renner, uns lindos, por sinal. Mas quer saber a melhor opção? Esperar o nosso vídeo sobre como fazer o seu e em casa <3.

Outro acessório da Endossa aí são os óculos, já usados no lookbook Sky Blue Sky (aqui). O bom é que já nem tem tanta dificuldade em achar um modelo assim no tamanho “redondo ideal”, a gente encontra em óticas, Marisa, Renner, Riachuelo, sites de lojas internacionais como Motel RocksAsos e marcas como Rayban vendem esses e outros modelos parecidos. Esse meu foi só R$ 39.

E a última peça que também não é novidade: as cut out boots <3, também já falamos aqui (nosso primeiro post sobre moda <3)! Conforto, fresquinhas, curtas, lindas e para diversas ocasiões. Avisamos sobre a chegada delas pelo nosso Instagram e Facebook assim que encontramos nas prateleiras da Renner. Compramos por R$ 179. Gostou? Tenho uma boa notícia então: essa semana ainda vi algumas das mesmas na loja de Belém. Aproveita!

E aí, curtiu a mistura do lookbook #6? Sugestão? Dúvidas?

Já sabe, só comentar aqui.

Um beijo e bom final de semana!

 

Burnout/desgastado <3

burnout 8

Hoje é sobre a nossa paixão por camisas/vestidos ou quase qualquer peça burnout. Tá… Agora, o que é isso? Para quem não se sentiu familiarizado com o nome, esse é qual dão para a peça que passam por um processo químico até que fique com o aspecto de desgastado.

Não é de hoje, é de muito tempo, mas ainda tenho visto diversas vitrines que aderiram o tipo, entre elas a sempre eternamente comentada aqui Topshop, a Renner e, ainda, a Urban Outfitters. É um enorme encantamento com esse tipo de tecido <3. A peça também é conhecida como devorê, apesar de que, pelo menos eu, reconheço a minha favorita mais como a burnout, já que, em diversas lojas, os modelos devorê são cheios de variações.

burnout 1

burnout 6

Seus desgastados nem sempre são apenas simples desgastados, alguns ainda recebem estampas por cima ou outro tipo de desgaste (falando sobre o nome devorê), o burnout também — estamos falando da mesma coisa, só para ficar claro –, mas como me acostumei a ver, as marcas que reconhecem peças como burnout (normalmente internacionais, claro), costumam ter/fazer peças mais sóbrias, ainda que recebam uma aplicação ou outra, elas são mais básicas – esse é o caso dos modelos da Topshop. De qualquer forma, os termos utilizados são esses.

Tem desgastado em formato oncinha, outras com listras, outras com estampas variadas, outras em veludo e por aí vai… Mas a base mesmo é o fato do tecido passar pelo processo e receber o desgaste.

A minha favorita é aquela simplesmente com carinha de camisa velha, sabe? E as que mais desejo tem no tom cinza/preto, essas conseguem destacar mais ainda o tipo “envelhecido” da roupa, por isso prefiro. Comprei uma IDÊNTICA, sem exageros, a da Topshop (aqui), só que na Renner, e no lugar de me custar R$ 89, custou R$ 39,90 <3.

Essa é a minha da Renner, igual a da Topshop

Essa é a minha da Renner, igual a da Topshop <3.

burnout 4

Essa azul é a da Topshop, igual a minha (também tem a cinza dela).

burnout 5

Mas não tem só nessas duas lojas, esse tipo tá em todos os lugares e acho que de sempre para sempre, porque é tão básico que, simplesmente, dificilmente ela deixar de rolar com o todo do look. Já encontrei na Forever e aqui da Forever também, Oh Boy!, Cantão, Farm, ASOS, Urban Outfitters (que tem até modelo com estampa James Bond aqui <3), American Apparel, todas as da Topshop aqui, Renner e diversas outras, aí o importante é escolher a sua favorita. Como mencionei, a minha favorita é apenas a envelhecida, seja no tecido basicão ou até mesmo no veludo.

burnout 9

E vocês, curtem? Qual a favorita?

Aproveita que outro feriado tá chegando YAY! e tem super a cara de um conforto.

Se ainda não tem, aproveita que deixamos os links de diversas aí!

Um beijo!

Eyes print, as calças do Win Butler e nós

Arcade Fire se apresenta no Lollapalooza

Viciados em estampas sabem: é inevitável passar batido na estampa de olhos, né? Ano passado comecei a acompanhar a “nova” tendência eyes print por aí. Sou louca por estampas, e uma marcante, tipo essa, não ia passar sem ser notada. Mas não só roupas os olhos invadiram, também nos acessórios (que antes a gente já encontrava) e até em sapatos.

A marca oficial a lançar a moda foi a Kenzo e a peça chave foi o moleton de olhos, mas, como falei, já é possível encontrar em sapatos, leggings, blusas, acessórios, vestidos e diversas outras variações que podem abrigar a ideia. Famosos, como sempre, são quase que definitivos para fazer algo “virar” e quem andou acompanhando já viu, por exemplo, o Win Butler (vocalista do Arcade Fire <3) com sua calça que tem carinha de legging o acompanhando na turnê do Reflektor, inclusive ele a usou no Brasil — tanto no Rio quanto em SP — e, INCLUSIVE, a calça definitivamente e literamente já anda junto, rs.

eye print riachuelo

eye print 3

A estampa de desejo já está por vários lugares. Ainda essa semana pude passar na Riachuelo e a boa notícia é que já tem por lá também para os meninos, o que nada impede que as meninas também comprem e façam adaptação/customização dela. E não é só a camisa que tem por lá, também tem a peça oficial, o tal moleton, que para o caso de Belém, eu passo, rs, mas para viajar tá valendo, não é?

eyes print 2

Os olhos mais usados são os exibidos pela Kenzo mesmo, mas outras marcas também criaram adaptações e olhos em outros formatos, uns com uma mistura étnica e por aí vai. Acabou na Riachuelo mais próxima e ainda quer comprar? Tem várias peças baratinhas aqui no Sheinside (entrega no Brasil <3) Já vi na ASOS,  essa aqui no lyst, Topshop, Nasty Gal, Motel Rocks e outras.

E aí, gostou? Já é peça de desejo? Corre lá na Riachuelo!

Um beijo e bom final de semana para vocês!

Lookbook #5: Either Way

lookbook 5

Dia de mais um lookbook! Esse, que já é o quinto, chega na véspera do feriadão, pronto para sugerir misturas nos looks escolhidos para as nossas várias programações. Saia skater com estampa, top básico, blusa jeans para compor e as amadas cut out boots. Um look simples para tarde/noite sem precisar passar calor (no caso de Belém e em qual lugar mais estiver rs). Fotos do Mário Camarão e make da Nay alguém duvidava? <3. (Todas as fotos do lookbook #5 na galeria de imagens, final do texto)

Iniciando por uma das peças que considero importantíssima no todo: a saia. Já falamos de saia skater por aqui, não é? Esse tipo de saia é quase que universal, cai bem nas magrinhas, gordinhas, altas e baixas, só basta escolher a favorita. A cintura alta/ajustada e o fato de ter um tecido que não fica colado no quadril, valoriza a ideia toda. Essa é da Farm, coleção antiga — antes da Lola & Tom, comprei em uma promoção maravilhosa! Apenas R$ 48 (!!!). Não dei tanta bola pra ela logo no começo, até por ser bem curta e, apesar de não me importar com isso, a gente sabe que algumas peças chegam a tirar o nosso conforto, mas no caso dessa, usando sem salto alto já rola, além disso, depois notei que conseguia casar a saia com diversos estilos de blusas para mudar as ocasiões de uso.

O top é da marca Topshop, já usei o mesmo no lookbook #3, do Kimono, lembra? Certeza que ele ainda vai aparecer aqui outras milhares de vezes, não tem jeito, é uma peça que vai como base com quase tudo. Recentemente (duas semanas), fui na Topshop do JK, em São Paulo, e vi que ainda tem modelo parecido. Quem mora por lá, claro, pode aproveitar. Vocês também conseguem um modelo parecido aqui e, ainda, contamos possibilidade gigante de encontrar outros idênticos e básicos em vários lugares ou até de pedir para uma costureira fazer, de cortar camisetas pretas e compridas em casa e por aí vai.

A blusa tipo jeans clarinha é Calvin Klein, comprada/trocada em um brechó que eu e uns amigos fizemos há um bom tempo. Bazar é algo divino, né? Só de pensar em peças incríveis que a gente pode conseguir com precinho já anima. Blusa jeans de mangas compridas não tem segredo para achar hoje, certo? Indo na Riachuelo, C&A, Renner, Farm e diversas outras a gente acha facilmente.

E sobre cut out boots: também já falamos aqui (nosso primeiro post sobre moda <3)! Amo a ideia de botinhas vazadas. São confortáveis, ventiladas, curtas, lindas e, no caso dessa minha, cai bem desde o trabalho até a balada. Falamos pelo nosso Instagram e Facebook assim que encontramos essas nas prateleiras da Renner. Compramos por R$ 179 bem investidos e não tiramos mais dos pés. Faz mais ou menos 1 mês desde o dia que compramos, mas fui até a loja esses dias e ainda vi alguns tamanhos. Curtiu? Corre!

Gostou da simplicidade das peças e o resultado final de todas juntas?

Alguma dúvida ou sugestão? Só comentar aqui.

E ah, aproveito para antecipar que vamos reduzir as postagens aqui durante esses dias de feriadão, porque sabemos que vocês estão loucas para aproveitar esses dias fazendo nada ou jogando tudo para o alto. Mas vamos continuar com as nossas publicações no nosso Facebook e Instagram para quem ainda estiver de bobeira.

Beijo e bom feriadão!

(Galeria fotos lookbook #5) 

Sola tratorada

sola tratorada 1Detalhes que nem sempre passam batidos é o caso da sola tratorada (odeio a palavra tratorada). Apesar de parecer algo pequeno, esse “detalhe” está mais do que em evidência. Não, não é de hoje esse tipo de solado, mas estamos acostumados com o fato de algo surgir, sumir e depois voltar na moda, certo? Esse é o caso do sapato que se destaca em mais uma coleção de outono/inverno de algumas marcas.

A característica da sola cabe para quase qualquer sapato, não só boots ou plataformas, também está em modelos tipo rasteiras e sapatos com salto alto, oxford e outros. Nós adoramos esse destaque trator que cria aquele ar grosseiro, mas que, ao mesmo tempo, equilibra perfeitamente com um vestido floral, por exemplo.

sola tratorada 7

sola tratorada 6Gostamos muito dessa mistura de algo aparentemente “delicado” combinado com uma peça mais “grosseira”, o look ganha mais força e passa segurança. Saia skater, shortinhos jeans, vestidinhos e calças vão muito bem com a sola tratorada, que podem fazer toda a diferença, mesmo estando apenas no solado do sapato.

Tem um modelo em específico que se tornou comum nos pés da galera que curte moda, é uma plataforma, não chega a ser bota e nem um sapato totalmente aberto. Ele é bem diferentão, mas é bonito, é o modelo da Stella McCartney. Desde que lançadas, não vimos mais fora dos pés das pessoas que curtem a ideia. O modelo se tornou tão comum que muitas lojas se inspiraram e criaram iguais ou adaptações.

sola tratorada 2

Modelo Stella McCartney

A gente até fala quase sempre das mesmas lojas, mas é que não tem jeito! Além de referências de moda pra gente, nelas sempre encontramos muitas das coisas que desejamos. É o caso desse tipo de sapato, já é quase maioria nas lojas Topshop, vários também na Urban Outfitters, Nasty Gal, o amado Jeffrey Campbell, encontramos na Romwe, Zara e, como falamos, Stella McCartney.

Vocês gostam? Conta aí!

Um beijo.