Lookbook #7: Whole Love

CW5B0133

O lookbook #7 chegou com uma mistura de peças básicas que amamos e, para completar, cobertas por um kimono estampadão e comprido que encantamos mais ainda. Junta isso, mais o trabalho incrível das fotos do fotógrafo Mário Camarão, mais o píer da Estação das Docas e mais o solzão, só podia ser amor. Belém é muito estrela com esse cenário, não é? <3. (Todas as fotos do lookbook 7 no final do texto)

Tudo aí é super usável, tanto que, em outra ocasião, já tinha sido usado por mim. Não cheguei a registrar com fotos, mas foi no Festival Loollapalooza (tirando o salto, claro). Tudo nele é muito leve, tem nem como combinar com o início de uma tarde de sol até noite.

Começando pelo kimono, total primavera/verão, super fresquinho e esvoaçante, se torna a chave para embelezar qualquer roupa basicona. Esse foi comprado na Forever 21, no valor de R$ 89. Bati o olho e achei maravilhoso. Não resisti (rs). Sei que quando voltei na loja (poucos dias depois) não tinha mais nenhum, mas kimono não falta mais! Tem na Romwe aqui para quem curte fazer compras internacionais. Não tem como pedir internacional? Achamos modelos na lojinha que adoramos, a Oh Céus Store. Quer mais? Vai na Dress To. Olha aqui e mais esse o que ainda tem por lá.

Vamos passar agora para shorts. Esse é da Farm. Um jeans velho amigo hot pants, curtinho e com sua cintura alta. É muito favorita no meu guarda-roupa. Não abro mão de shorts, principalmente desses que são básicos e vão me possibilitar milhares de ideias na hora de montar o todo. Já comprei faz bastante tempo, acredito que esse exato modelo seja difícil de encontrar por lá, mas na própria loja costuma ter vários no estilo.  Ainda assim, para quem não encontrar quando quiser, indicamos os mesmos sites das alternativas de kimono. A Oh Céus Store tem modelos aqui que funcionariam da mesma maneira. Ainda tem a Romwe também. Quer algo mais prático? A loja Marisa tá cheia de modelos hot pants.

A blusa é uma adaptação minha. Quem me conhece sabe, amo sair por aí cortando blusas. Foi o caso dessa, rs. Antes era uma camiseta branca, com mangas e comprida, aí decidi cortar as mangas de maneira cavada. Tenho sempre essa e outras que saio picotando em busca do básico necessário para equilibrar na hora de montar roupas. Experimenta fazer em casa! Faz bem e gasta quase nada além do seu tempo. Pode pegar qualquer uma das que tem por aí,  tem aquela do namorado/amg/família (risos).

Partindo para os acessórios, vamos falar da mochilinha <3. Teve um post sobre elas aqui, com tudo aquilo que pensamos e o quanto adorávamos desde adolescentes. Agora, em alguns modelos repaginados, adotamos algumas também. O modelo da foto é mais um da Forever 21. Não sei se recomendo bolsa da loja, porque tem beleza, mas vai faltar resistência. Se você é tipo eu que, quando compra uma bolsa nova, abandona quase sempre as outras e fica só com essa, também vai sentir tanto quanto eu o peso, porque quando não tem tanta qualidade, que é o caso das da Forever, usando direto elas se acabam rapidinho. Tem mais, essa ainda custou R$ 129. Não me arrependi, a minha ainda tá inteira, mas se você procura duração, não compre lá. Encontrei modelos relativamente baratinhos na Riachuelo, C&A e Renner, assim vale mais a pena comprar. E tem um modelo parecido com a minha aqui, ó.

Para finalizar, o sapato, outro que não tiro mais dos pés. Já falamos também sobre esses de estilo tamanco, clogs e mules no Shake It (link) <3. É muito encanto por eles! Sempre fica a lembrança de sapatos vintages. Esse aí é da Zara, nova coleção (vai que ainda tem). Custou R$ 189.

E aí, curtiram o Lookbook #7?

Um beijo!

(Fotos na galeria)

Tem também no meu lookbook.nu

Advertisements

Lookbook #6: Hotel Arizona

look2b (1)

Melhor dia da semana, mais conhecido como sexta-feira, chegou e, hoje, aproveitou pra trazer o lookbook #6, o Hotel Arizona Wilco minha vida você combina com qualquer coisa, que tá pronto para deixar dicas e te inspirar para sair nesse e em qualquer outro final ou até dia de semana. A edição #6 tá cheia de prometidos nas nossas vidas, chegando aí um monte de paixão: calça jeans cintura alta, top básico, turbante e óculos escuros redondinhos <3. Fotos por Mário Camarão. (Todas as fotos do lookbook na galeria — final do texto)

Vamos começar com a calça jeans cintura alta? Pois é, essa aí era mais que sonho de consumo e vou te contar que eu procurei demais (!), até que um belo dia em São Paulo, passeando pela eterna Topshop, encontrei milhares delas! Parece fácil, mas no fundo nós sabemos o quão difícil é, mesmo hoje, achar calças jeans de cintura bem alta MESMO e que vistam bem, que é o caso dessa. Ela se ajusta perfeitamente no corpo. Foi desesperador (de alegria) quando entrei na loja e vi, simplesmente, diversas calças no mesmo estilo. Jeans escuro, claro, claro desbotado, jeans médio, preta, cinza… Como eu provei, amei e sabia que não tava tão fácil de achar assim, decidi comprar logo dois tipos dela, essa clara e uma escura. Em “promoção” tava por R$ 189, mas logo depois ficou bem mais barata. Comprei tem um tempo, mas recentemente vi que ainda tem muitas lá. Essas calças costumam ser eternas na loja, não importa coleção.

O top curtinho também é da Topshop. Como disse em lookbooks anteriores, ele, definitivamente, sempre vai marcar presença na minha vida e em diversas outras edições aqui. Versatilidade define essa peça. É uma daquelas universais, vai com quase tudo que tem no seu guarda-roupa, então, sempre vale a pena, principalmente quando custa tipo o que esse me custou: R$ 39. Também torno a dizer nessa 6ª edição, pode até não ter mais o mesmo na Topshop, mas você encontra outros no mesmo molde por lá, caso queira outra opção, mostrei também que é possível achar na Renner, Forever 21 e, ainda, fazer adaptações em nossas próprias blusas, aquelas que a gente já até cansou de olhar.

A novidade da vez é o turbante. Apesar de não ser algo novo na minha vida, esse é o primeiro lookbook com o acessório. Nós já prometemos vídeo/tutorial sobre como fazer um de maneira bem simples e com lenços ou tecidos que você tenha em casa, pois é, como promessa é dívida, a gente não esqueceu e prometemos cumprir em breve! Já falamos também sobre eles em um post com ideias do que usar em um festival (aqui). O interessante é a capacidade dele de mudar lindamente todo o visual, não é? Esse eu comprei na Galeria Endossa, em São Paulo. Encontrei vários modelos/estampas deles por lá. Quem quiser uma outra opção, encontrei também nas lojas Renner, uns lindos, por sinal. Mas quer saber a melhor opção? Esperar o nosso vídeo sobre como fazer o seu e em casa <3.

Outro acessório da Endossa aí são os óculos, já usados no lookbook Sky Blue Sky (aqui). O bom é que já nem tem tanta dificuldade em achar um modelo assim no tamanho “redondo ideal”, a gente encontra em óticas, Marisa, Renner, Riachuelo, sites de lojas internacionais como Motel RocksAsos e marcas como Rayban vendem esses e outros modelos parecidos. Esse meu foi só R$ 39.

E a última peça que também não é novidade: as cut out boots <3, também já falamos aqui (nosso primeiro post sobre moda <3)! Conforto, fresquinhas, curtas, lindas e para diversas ocasiões. Avisamos sobre a chegada delas pelo nosso Instagram e Facebook assim que encontramos nas prateleiras da Renner. Compramos por R$ 179. Gostou? Tenho uma boa notícia então: essa semana ainda vi algumas das mesmas na loja de Belém. Aproveita!

E aí, curtiu a mistura do lookbook #6? Sugestão? Dúvidas?

Já sabe, só comentar aqui.

Um beijo e bom final de semana!

 

Lookbook #5: Either Way

lookbook 5

Dia de mais um lookbook! Esse, que já é o quinto, chega na véspera do feriadão, pronto para sugerir misturas nos looks escolhidos para as nossas várias programações. Saia skater com estampa, top básico, blusa jeans para compor e as amadas cut out boots. Um look simples para tarde/noite sem precisar passar calor (no caso de Belém e em qual lugar mais estiver rs). Fotos do Mário Camarão e make da Nay alguém duvidava? <3. (Todas as fotos do lookbook #5 na galeria de imagens, final do texto)

Iniciando por uma das peças que considero importantíssima no todo: a saia. Já falamos de saia skater por aqui, não é? Esse tipo de saia é quase que universal, cai bem nas magrinhas, gordinhas, altas e baixas, só basta escolher a favorita. A cintura alta/ajustada e o fato de ter um tecido que não fica colado no quadril, valoriza a ideia toda. Essa é da Farm, coleção antiga — antes da Lola & Tom, comprei em uma promoção maravilhosa! Apenas R$ 48 (!!!). Não dei tanta bola pra ela logo no começo, até por ser bem curta e, apesar de não me importar com isso, a gente sabe que algumas peças chegam a tirar o nosso conforto, mas no caso dessa, usando sem salto alto já rola, além disso, depois notei que conseguia casar a saia com diversos estilos de blusas para mudar as ocasiões de uso.

O top é da marca Topshop, já usei o mesmo no lookbook #3, do Kimono, lembra? Certeza que ele ainda vai aparecer aqui outras milhares de vezes, não tem jeito, é uma peça que vai como base com quase tudo. Recentemente (duas semanas), fui na Topshop do JK, em São Paulo, e vi que ainda tem modelo parecido. Quem mora por lá, claro, pode aproveitar. Vocês também conseguem um modelo parecido aqui e, ainda, contamos possibilidade gigante de encontrar outros idênticos e básicos em vários lugares ou até de pedir para uma costureira fazer, de cortar camisetas pretas e compridas em casa e por aí vai.

A blusa tipo jeans clarinha é Calvin Klein, comprada/trocada em um brechó que eu e uns amigos fizemos há um bom tempo. Bazar é algo divino, né? Só de pensar em peças incríveis que a gente pode conseguir com precinho já anima. Blusa jeans de mangas compridas não tem segredo para achar hoje, certo? Indo na Riachuelo, C&A, Renner, Farm e diversas outras a gente acha facilmente.

E sobre cut out boots: também já falamos aqui (nosso primeiro post sobre moda <3)! Amo a ideia de botinhas vazadas. São confortáveis, ventiladas, curtas, lindas e, no caso dessa minha, cai bem desde o trabalho até a balada. Falamos pelo nosso Instagram e Facebook assim que encontramos essas nas prateleiras da Renner. Compramos por R$ 179 bem investidos e não tiramos mais dos pés. Faz mais ou menos 1 mês desde o dia que compramos, mas fui até a loja esses dias e ainda vi alguns tamanhos. Curtiu? Corre!

Gostou da simplicidade das peças e o resultado final de todas juntas?

Alguma dúvida ou sugestão? Só comentar aqui.

E ah, aproveito para antecipar que vamos reduzir as postagens aqui durante esses dias de feriadão, porque sabemos que vocês estão loucas para aproveitar esses dias fazendo nada ou jogando tudo para o alto. Mas vamos continuar com as nossas publicações no nosso Facebook e Instagram para quem ainda estiver de bobeira.

Beijo e bom feriadão!

(Galeria fotos lookbook #5) 

Saia Skater: paixão de sempre e para sempre <3

skater 3

Um dia desses descobri que essa saia tão amada era chamada de Skater. Não é de hoje que ela existe, sempre gostei dessas sainhas, mas vamo combinar que a comercialização delas acaba de crescer mais, mas que ainda assim, apesar de parecer comum e, realmente, ser comum, ainda não encontramos várias cores e estampas dela por todos os lugares tão facilmente.

Recentemente me perguntava qual a dificuldade das pessoas em produzirem peças acinturadas, como as saias tipo skater. Porque nós sabemos que calças, shorts e saias de cintura baixa, encontramos milhares, mas a skater, que é acinturada, apesar de também não ter nenhuma dificuldade em seu corte, não encontramos assim.

???????????????????????????????

skater 2Lojas como Riachuelo, C&A, Renner, Farm, Dress To, Forever 21, Motel Rocks e entre outras já fizeram alguns modelos, mas ainda não lideram entre as peças (com exceção da Forever e Motel, que já fizeram vários modelos). Para mim, a skater deveria ser comercializada como qualquer saia, se conseguem fazer diversas estampas e cores de saias todas iguais, de corte igual, colada e cintura baixa, por que não fazer o mesmo com a skater? Seria mais uma opção de modelo.skater 8

skater 7

Atualmente, a Riachuelo tá com um modelo que é a preta, básica e linda para combinar com blusas estampadas, não estampadas e de vários modelos. Fui lá e comprei por R$ 70, também encontrei modelo em outras lojas: na Bardot, na C&A, na Renner… Em são Paulo, encontrei na Zara, Topshop e na galeria Endossa.  O que mais importa é que com sapatilhas, botas, saltos, tênis, rasteiras e com vários tipos de blusas a saia fica bem. É por isso que amo esse tipo de saia, ela é completamente universal e conversa com quase todas as suas outras peças!

Além de tudo, esse modelo de saia valoriza! Por marcar apenas na cintura, e no restante soltar, ela tem uma super leveza, fica bem nas gordinhas e magrinhas, nas meninas que tem a cintura marcada e até nas que não possuem essa cinturinha tão definida.

Essa aqui é uma das que tenho, a da Bardot. E a foto é uma novidade que, em breve, o Shake It! vai divulgar. <3

Essa aqui é uma das que tenho, a da Bardot. E a foto é uma novidade que, em breve, o Shake It! vai divulgar. ❤

Vamo comprar várias estampas e cores de skater e aproveitar essa universalidade delas ❤

Gosta de skater? Já tem? Compartilha com gente o lugar que encontrou e quanto foi pra facilitar a vida das que ainda buscam a perfeita!

Um beijo!