Fiscal de salto

Foto: Reuters

Foto: Reuters

Muitos devem ter acompanhado, nos últimos dias, notícias sobre o Festival de Cannes, o que é natural sempre que acontece. Dias e dias depois do evento ainda comentam o que rolou, desde filmes até vestidos e tendências, mas uma denúncia marcou bastante esse 68º Festival de Cannes, o fato nada a ver de proibirem a entrada de mulheres SEM SALTO. Isso é possível? Pois é, parece que em Cannes, sim. De acordo com publicações do The Hollywood Reporter, mulheres sem salto foram impedidas de entrar em algumas exibições (?).

Isso só acontece em Cannes? Não. Acompanhamos notícias de festas específicas, em outros países, que, simplesmente, mandam mulheres sem salto voltarem para casa e calçarem um para poder entrar. Não é necessário nem listar o quão absurdo é isso. Todos sabem: tem gente que não gosta de salto, tem gente que tem problemas de coluna ou saúde em geral e não pode usar um, tem gente que apenas não quer nem olhar para aquele calçado com 5 ou 10 cm em certos dias, gente que ama aquele seu sapato incrível sem salto… É possível passar o dia listando várias ocasiões para não usar. Qual o problema em não querer usar salto?

A situação até parecia ser outra: abriram o festival com um filme dirigido por uma mulher; criaram o programa Women in Motion: debates em conferências para destacar o trabalho da mulher no cinema; realizam premiações, mas, no fundo, situação como essa de não poder usar sapato sem salto mostra que não é bem assim.

As notícias foram bem específicas, uma delas foi que algumas das mulheres foram impedidas de assistir a exibição do filme “Carol” (Cate Blanchett e Rooney Mara) por usarem um sapato plataforma (?). Após as denúncias, a atriz Emily Blunt decidiu boicotar o festival dando a sua opinião na coletiva de imprensa do filme “Sicario”, o qual atua: “Todo mundo deveria usar sapato rasteiro, para ser sincera. Ninguém deveria usar saltos hoje. É muito irritante, bem quando achava que estavam chegando novas ondas de igualdade”, palavras de Blunt, de acordo com The Guardian.

Em resposta, o diretor do festival Thierry Fremaux negou a obrigação do salto: “os rumores que dizem que em Cannes se exige sapato de salto para as mulheres são infundados”, disse o diretor em sua conta no Twitter. Mas, como falamos, essa não foi a primeira vez e não acontece só em Cannes, notícias de que mulheres são barradas por políticas idiotas de vestuário existem até em baladas.

Uma coisa é fato: que isso sirva e, certeza, vai servir de lição para que não tenha esse tipo de proibição. Desde quando uma pessoa deixa de ser incrível por não estar de salto?! Podemos escolher o nosso sapato? Se você quer usar salto, use, se você não quer/pode, não use! Essa é a nossa política.

Beijos.

Jovens Bruxas vai ter remake, sim!

jovens bruxas 2

Lá vem década de 90, mas essa é mais uma boa causa, pelo menos para todos aqueles que são fãs do filme Jovens Bruxas, o The Craft de 1996. Essa semana foi divulgado, pelo “The Hollywood Reporter“, que a Sony vai fazer um remake do filme das bruxas adolescentes e, dessa vez, dirigido por Leigh Janiak.

Ainda não se sabe quais as atrizes serão cotadas para interpretar as personagens principais, só foi divulgado que o produtor Doug Wick, o mesmo do The Craft original, participará na produção deste remake. Leigh Janiak, que irá dirigir e assinar o roteiro ao lado de Phil Graziadei, já trabalhou como assistente de produção em “Espelho Espelho Meu”, mas só se destacou ao trabalhar com o que realmente queria, direção, e foi quando dirigiu Honeymoon, o filme de terror estrou no SXSW 2014 e a fez ganhar reconhecimento. Janiak ainda dirige uma adaptação de “Pânico” para série da MTV.

Ter uma mulher dirigindo a nova versão das Jovens Bruxas é uma boa notícia, como disse o Hollywood Reporter, afinal, Hollywood passa por justíssimas críticas sobre a falta de contratação de mulheres para trabalhar nas produções cinematográficas e de televisão. Leigh impressionou os executivos com a ideia de fazer do The Craft, mais ainda, um conto de empoderamento feminino. Além disso, a diretora, com certeza, poderá atualizar o filme, sem perder a ideia.

jovens bruxas 3

Sinopse: Robin Tunney, interpreta Sarah, é novata em um colégio católico, faz amizade com três simpatizantes da bruxaria, interpretadas por Neve Campbell, Rachel True e Fairuza Balk. O trio é formado por praticantes amadoras, já Sarah descobre ser uma bruxa natural, por sua mãe que já foi uma bruxa. Quando elas usam seus poderes para resolver problemas pessoais, elas percebem que não se pode mexer com forças sombrias.

O Shake It já está saudoso e ansioso pela nova versão, e vcs?

Beijos

Indicados Oscar 2015 e os favoritos Shake It

indicados oscar 2015 1O Grande Hotel Budapeste ❤

A quinta-feira começou com a lista de indicações dos filmes que concorrem ao Oscar 2015. Não que essa seja a maior premiação do cinema para o Shake It e não que defina os melhores filmes, até porque sempre vemos alguns muitos ficarem de fora, mas nós, editoras (Lux e Nay), ficamos satisfeitas com a lista da 87ª cerimônia.

Todo ano esperamos pelo dia da premiação, e juro que nem é só pelo bolão que fazemos, ahahaha, tem também a reunião com amigos, comentários sobre os filmes, referências, o tapete vermelho e apresentações… É sempre divertido. E esse ano adoramos as indicações! O Grande Hotel Budapeste, filme do Wes Anderson ❤ (Os Excêntricos Tennenbaums, A Vida Marinha com Steve Zissou, Moonrise Kingdom), foi um dos que recebeu mais indicações: ele concorre a 9 categorias! Assim como Birdman que tem o mesmo número. Boyhood é um dos nossos favoritos também e está na lista concorrendo 6 categorias, incluindo melhor filme.

indicados oscar 2015 3Boyhood

O Grande Hotel, além de concorrer melhor filme, direção, concorre também melhor figurino e maquiagem. Pelo figurino, a responsável foi Milena Canonero — figurinista de Laranja Mecânica e Maria Antonieta e outros –, com colaboração das marcas Fendi e Prada. Precisamos comentar a maravilha daqueles casacos Fendi e as malas e baús Prada, inspirados nos modelos vintage da marca, que mostra o glamour dos anos 1920 e 1930.

Ainda não tivemos a oportunidade de assistir Birdman, Whiplash e outros que concorrem, mas até a premiação vamos assistir e comentar tudinho com vocês aqui. A cerimônia será dia 22 de fevereiro e vai ser apresentada por Neil Patrick Harris <3! O que não deixa dúvidas de que será, no mínimo, divertido. Ansiosos também? Vejam a lista e façam suas apostas! Beijo!

Lista completa de indicados ao Oscar 2015:

indicados oscar 2015 2Birdman

Melhor filme

“Sniper americano”

“Birdman”

“Boyhood: Da infância à juventude”

“O grande hotel Budapeste”

“O jogo da imitação”

“Selma”

“A teoria de tudo”

“Whiplash”

 

Melhor diretor

Alejandro Gonzáles Iñárritu (“Birdman”)

Richard Linklater (“Boyhood”)

Bennett Miller (“Foxcatcher: Uma história que chocou o mundo”)

Wes Anderson (“O grande hotel Budapeste”)

Morten Tyldum (“O jogo da imitação”)

 

Melhor ator

Steve Carell (“Foxcatcher”)

Bradley Cooper (“Sniper americano”)

Benedict Cumbertatch (“O jogo da imitação”)

Michael Keaton (“Birdman”)

Eddie Redmayne (“A teoria de tudo”)

 

Melhor ator coadjuvante

Robert Duvall (“O juiz”)

Ethan Hawke (“Boyhood”)

Edward Norton (“Birdman”)

Mark Ruffalo (“Foxcatcher”)

JK Simons (“Whiplash”)

 

Melhor atriz

Marion Cotillard (“Dois dias, uma noite”)

Felicity Jones (“A teoria de tudo”)

Julianne Moore (“Para sempre Alice”)

Rosamund Pike (“Garota exemplar”)

Reese Whiterspoon (“Livre”)

 

Melhor atriz coadjuvante

Patricia Arquette (“Boyhood”)

Laura Dern (“Livre”)

Keira Knightley (“O jogo da imitação”)

Emma Stone (“Birdman”)

Meryl Streep (“Caminhos da floresta”)

 

Melhor filme estrangeiro

“Ida” (Polônia)

“Leviatã” (Rússia)

“Tangerines” (Estônia)

“Timbuktu” (Mauritânia)

“Relatos selvagens” (Argentina)

 

Melhor documentário

“O sal da terra”

“CitizenFour”

“Finding Vivian Maier”

“Last days”

“Virunga”

 

Melhor documentário curta-metragem

“Crisis Hotline: Veterans Press 1”

“Joanna”

“Our curse”

“The reaper (La Parka)”

“White earth”

 

Melhor animação

“Operação Big Hero”

“Como treinar o seu dragão 2”

“Os Boxtrolls”

“Song of the sea”

“The Tale of the Princess Kaguya”

 

Melhor animação curta-metragem

“The bigger picture”

“The dam keeper”

“Feast”

“Me and my moulton”

“A single life”

 

Melhor curta-metragem ‘live-action’

“Aya”

“Boogaloo and Graham”

“Butter lamp (La lampe au beurre de Yak)”

“Parvaneh”

“The phone call”

 

Melhor roteiro original

Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. e Armando Bo (“Birdman”)

Richard Linklater (“Boyhood”)

Max Frye e Dan Futterman (“Foxcatcher”)

Wes Anderson e Hugo Guinness (“O grande hotel Budapeste”)

Dan Gilroy (“O abutre”)

 

Melhor roteiro adaptado

Jason Hall (“Sniper americano”)

Graham Moore (“O jogo da imitação”)

Paul Thomas Anderson (“Vício inerente”)

Anthony McCarten (“A teoria de tudo”)

Damien Chazelle (“Whiplash”)

 

Melhor fotografia

Emmanuel Lubezki (“Birdman”)

Robert Yeoman (“O Grande Hotel Budapeste”)

Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski (“Ida”)

Dick Pope (“Sr. Turner”)

Roger Deakins (“Invencível”)

 

Melhor edição

Joel Cox e Gary D. Roach (“Sniper americano”)

Sandra Adair (“Boyhood”)

Barney Pilling (“O grande hotel Budapeste”)

William Goldenberg (“O jogo da imitação”)

Tom Cross (“Whiplash”)

 

Melhor design de produção

“O grande hotel Budapeste”

“O jogo da imitação”

“Interestelar”

“Caminhos da floresta”

“Sr. Turner”

 

Melhores efeitos visuais

Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick (“Capitão América 2: O soldado invernal”)

Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist (“Planeta dos macacos: O confronto”)

Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould (“Guardiões da Galáxia”)

Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher (“Interestelar”)

Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer (“X-Men: Dias de um futuro esquecido”)

 

Melhor figurino

Milena Canonero (“O grande hotel Budapeste”)

Mark Bridges (“Vício inerente”)

Colleen Atwood (“Caminhos da floresta”)

Anna B. Sheppard e Jane Clive (“Malévola”)

Jacqueline Durran (“Sr. Turner”)

 

Melhor maquiagem e cabelo

Bill Corso e Dennis Liddiard (“Foxcatcher”)

Frances Hannon e Mark Coulier (“O grande hotel Budapeste”)

Elizabeth Yianni-Georgiou e David White (“Guardiões da Galáxia”)

Melhor trilha sonora

Alexandre Desplat (“O grande hotel Budapeste”)

Alexandre Desplat (“O jogo da imitação”)

Hans Zimmer (“Interestelar”)

Gary Yershon (“Sr. Turner”)

Jóhann Jóhannsson (“A teoria de tudo”)

 

Melhor canção

“Everything is awesome”, de Shawn Patterson (“Uma aventura Lego”)

“Glory”, de John Stephens e Lonnie Lynn (“Selma”)

“Grateful”, de Diane Warren (“Além das luzes”)

“I’m not gonna miss you”, de Glen Campbell e Julian Raymond (“Glen Campbell…I’ll be me”)

“Lost Stars”, de Gregg Alexander e Danielle Brisebois (“Mesmo se nada der certo”).

 

Melhor edição de som

Alan Robert Murray e Bub Asman (“Sniper americano”)

Martín Hernández e Aaron Glascock (“Birdman”)

Brent Burge e Jason Canovas (“O hobbit: A batalha dos cinco exércitos”)

Richard King (“Interestelar”)

Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro (“Invencível”)

 

Melhor mixagem de som

John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin (“Sniper americano”)

Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga (“Birdman”)

Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten (“Interestelar”)

Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee (“Invencível”)

Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley (“Whiplash”)

Os filmes favoritos do Natal Shake It <3

Aquele mês incrível chamado dezembro, o mês natalino <3. Eu costumo ser a louca do Natal, aquela que vive o mês todo para escutar as músicas natalinas no trabalho e em casa menos Simone pfv socorrr, para ver as decorações lindamente cafonas — que só elas conseguem ser lindas e ao mesmo tempo cafonas – e, claro, para assistir todos os filmes possíveis de Natal. Sim, somos enlouquecidas por filmes que lembram a data, por isso não podíamos deixar de fazer a nossa lista de filmes favoritos para quem quiser nos acompanhar nesse vício.

Se você nunca se sensibiliza com a época e não curte mesmo o Natal, não tem problema, na lista também tem filme com um dia 25 bastante desastroso, ahahaha. São 16 filmes para vocês se derreterem, ou não, nesse período com o Shake It <3.

1 – A Felicidade Não Se Compra (It’s a Wonderful Life)

Em Bedford Falls, no Natal, George Bailey (James Stewart), que sempre ajudou a todos, pensa em se suicidar saltando de uma ponte, em razão das maquinações de Henry Potter (Lionel Barrymore), o homem mais rico da região. Mas tantas pessoas oram por ele que Clarence (Henry Travers), um anjo que espera há 220 anos para ganhar asas é mandado à Terra para tentar fazer George mudar de idéia, demonstrando sua importância através de flashbacks.

Não importa o número de vezes que eu assista esse esse filme, eu vou continuar chorando em todas elas <3.

2 – Esqueceram de mim (Home Alone)

natal - esqueceram-de-mim-00

Em Chicago, uma família inteira planeja passar o Natal em Paris. Porém, em meio às confusões de viagem um dos filhos (Macaulay Culkin), com apenas 8 anos, é esquecido em casa. Assim, o garoto se vê obrigado a se virar sozinho e a defender a casa de dois ladrões.

Quem nunca, né? Já assisti 123456 de vezes e nunca vou enjoar!

3 – Esqueceram de mim 2 – Perdido em Nova Iorque (Home Alone 2: Lost in New York)

natal - esqueceram-de-mim-2

Garoto (Macaulay Culkin) se vê novamente sozinho, quando em virtude de uma confusão no aeroporto que fez com que ele ao invés de embarcar com a família para a Flórida partisse sozinho para Nova York. Mas como tinha o cartão de crédito do pai (John Heard), ele se hospeda no melhor hotel da cidade, mas também encontra os dois ladrões que tinha enfrentado no passado e que agora planejam se vingar dele.

Esse é o que mais gosto dos 2. Era meu sonho de criança ficar perdida em NY, ahahaha.

4 – Milagre na rua 34 (Miracle on 34th Street)

natal - miracle-on-34th-street-remake-movie-poster

Em plena época do Natal, Suzan, uma garotinha muito inteligente e esperta, afirma que Papai Noel não existe. Porém, um senhor muito bondoso é contratado para trabalhar como Papai Noel na loja de brinquedos em que sua mãe trabalha. Porém, o que ninguém podia esperar é que o velhinho afirma ser o verdadeiro Papai Noel que está ali justamente para provar para a garotinha e para muitas pessoas que ele é real.

Essa é a refilmagem do filme. Amo esse, sempre me emociono também <3.

5 – Um Herói de Brinquedo (Jingle All The Way)

natal - heroi

Um homem de negócios (Arnold Schwarzenegger) chega atrasado na aula de caratê do seu filho, que recebeu a faixa azul. Para tentar compensar, ele promete ao menino que lhe dará qualquer coisa que ele peça no Natal. O garoto então pede o “Turbo Man”, o brinquedo sensação do momento e sonho de todas as crianças. Acontece que já véspera de Natal e o brinquedo não existe em lugar nenhum assim, com todos os estoques já estando esgotados. Ele então se propõe a cumprir a promessa, não importando o quanto isto lhe custe, mas, além de se meter em uma série de complicações, ainda tem de ser mais esperto que um carteiro, que tem o mesmo objetivo dele e igualmente obstinado no seu intento.

Como não amar esse filme? Ahahaha.

6 – Um Duende em Nova York (Elf)

natal - elf

Buddy (Will Ferrell) foi criado no Pólo Norte e, apesar de ser um humano, acaba se transformando em um elfo. Após ter problemas na comunidade em que vive, Buddy decide largar tudo e partir rumo a Nova York. Seu objetivo é encontrar Walter (James Caan), seu pai, mas logo se decepciona ao saber que ele é um grande sovina e não acredita em Papai Noel.

Diversão garantida!

7 – O Grinch (How the Grinch Stole Christmas)

natal - grinch

Um Grinch (Jim Carrey) que odeia o Natal resolve criar um plano para impedir que os habitantes da pequena cidade de Quemlândia possam comemorar a data festiva. Para tanto, na véspera do grande dia, o Grinch resolve invadir as casas das pessoas e furtivamente roubar delas tudo o que esteja relacionado ao Natal.

Jim Carrey como Grinch ❤

8 – Férias Frustradas de Natal (National Lampoon’s Christmas Vacation)

natal - christmas_vacation

Clark Griswolds (Chevy Chase) promete à sua família um Natal maravilhoso. Ele enfeita a casa com mais de 20 mil luzes e prepara uma árvore que não cabe nem na sala de estar. Com tudo pronto, ele convida o resto da família para estar com eles. Quando chega a véspera do dia 24, depois de meses de preparo, as coisas não saem tão bem quanto o planejado.

9 – Sobrevivendo ao Natal (Surviving Christmas)

natal - sobrevivendo

Drew Lathan (Ben Affleck) é um homem rico, que está cansado de passar o Natal sozinho. Ele decide retornar à casa onde cresceu, na esperança de recuperar o espírito natalino e as grandes festas da época. Porém há um problema: no local vive uma família completamente desconhecida, os Valco. Decidido a ter novamente um Natal em família, Drew faz uma insólita proposta: oferece US$ 250 mil aos Valco para que eles sejam sua família no Natal. Tom (James Gandolfini), o chefe da família, topa o acordo. Mas a convivência de Drew com os Valco não será das mais fáceis.

10 – Um Natal Muito, Muito Louco (Christmas with the Kranks)

natal - Um Natal Muito Muito Louco

Os Kranks sempre passaram o Natal juntos, mas este ano será diferente. Com Blair (Julie Gonzalo) trabalhando como voluntária no Corpo de Paz no Peru, Luther (Tim Allen) e Nora (Jamie Lee Curtis) já estão se conformando em ter que passar um Natal solitário. Até que Luther vê um cartaz exposto em uma agência de viagens, anunciando uma excursão ao Caribe. Ao fazer as contas Luther percebe que, caso sua família não tenha uma festa natalina, ele e Nora poderão viajar. Inicialmente relutante, Nora termina por concordar com a idéia. Porém ela não agrada os vizinhos, principalmente após Luther decidir não colocar no telhado seu tradicional boneco de neve iluminado, o que pode fazer com que a rua em que mora não ganhe o tradicional concurso de decoração natalina.

11 – O Expresso Polar (The Polar Express)

natal - o expresso polar

É véspera de Natal e um garoto (Tom Hanks) está acordado. Sem acreditar mais em Papai Noel, ele espera por algo que faça com que sua crença na figura natalina retorne. De repente ele ouve um grande barulho, indo para fora de sua casa. O garoto então vê à sua frente um gigantesco trem negro com destino ao Pólo Norte, cujo condutor (Tom Hanks) o convida para embarcar.

12 – Meu Papai é Noel (The Santa Clause)

natal - meu papai é noel

Entregando os presentes na casa do vendedor de brinquedos Scott Calvin (Tim Allen), Papai Noel sofre um acidente e cai do telhado da casa. Machucado, ele não consegue continuar seu trabalho e resolve pedir a ajuda de Scott para salvar o Natal.

13 – O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christmas)

natal - o-estranho-mundo-de-jack

Jack Skellington (Chris Sarandon) é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte mas, após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta. Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao retornar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a sequestrarem o Papai Noel (Edward Ivory) e fazerem seu próprio Natal.

14 – Papai Noel às Avessas (Bad Santa)

natal - papai-noel-as-avessas

Willie T. Stokes (Billy Bob Thornton) é um Papai Noel bastante diferente. Durante as festas de fim de ano Willie trabalha em lojas de departamento, juntamente com Marcus (Tony Cox), um anão que se veste de duende no período. A dupla possui um golpe que é aplicado ano após ano: trabalham na loja no período natalino, descobrem seu sistema de alarme e, na véspera de Natal, a assaltam. Após vários anos de sucesso, o plano é ameaçado pelo atual estado de Willie, que bebe cada vez mais e não faz o menor esforço para ser gentil com as pessoas.

15 – Um Homem de Família (The Family Man)

Natal - Um homem de família

Jack Campbell (Nicolas Cage) um investidor entediado com sua longa vida de solteiro. Um belo dia, ele acorda e começa a imaginar como teria sido sua vida se tivesse se casado com Kate (Téa Leoni), sua namorada nos tempos de colégio. Até que, repentinamente, Jack acorda e se vê um feliz marido, casado com Kate, pai de duas crianças e levando uma tranquila vida no subúrbio.

16 – O Natal do Charlie Brown (A Charlie Brown Christmas)

Natal - do Charlie Brown 1965 (A Charlie Brown Christmas)

Incomodado com a exaltação do mundo comercial e dos altos gastos, Charlie Brown tenta encontrar o verdadeiro significado do Natal. Especial de final de ano dos Peanuts.

E aí, curtiram a lista?

Conta pra gente o filme natalino que vocês amam e não está na lista Shake It!

Um beijo!

God Help The Girl

God-Help-the-Girl-5

Sempre falamos aqui  sobre a maravilhosa união de moda e música, não é? Melhor ainda quando temos cinema + moda + música, tudo juntinho <3. Esse é o caso do filme God Help The Girl. O filme tem uma ligação com cada um desses pontos; já é cinema por si só, é também é notável a ligação com moda — apesar de não ser o foco —  e a música é um dos pontos chave, já que é dirigido pelo vocalista da banda Belle and Sebastian, o Stuart Lee Murdoch ❤ (vamos ver quantos corações eu consigo colocar nesse texto até o final).

Acontece que já temos uma paixão natural pela banda qual o diretor faz parte e, quando ficamos sabendo da existência do filme, começamos a pesquisar tudo sobre ele. O que falar desse filme que conhecemos há pouco tempo mas já amamosdollamos? O que já sabemos sobre? Temos a Eve, interpretada pela Emily Browning; o James por Olly Alexander e a Cassie pela Hannah Murray – sim, aqui também ela é a Cass! Quem lembra da Cass do Skins? – e que os três, cada um com sua excentricidade, juntos buscam o sonho de formar uma banda.

God-Help-the-Girl-3

A história se passa em Glasgow, cidade da Escócia. Os personagens principais e todo o visual do filme carrega um estilo meio brechó de ser. Tanto pelo figurino, quanto pelas cores do filme. O líder do Belle & Sebastian não esconde que o filme tem muito sobre a banda, inclusive, disse que a ideia do God Help the Girl surgiu em umas das turnês do grupo e, assim, o longa ganhou várias experiências de vida como base.

Trailer:

Pode parecer convencional e simples: jovens, dramáticos, intensos, apaixonados por música e pela vontade de viver. Mas, apesar de parecer um filme previsível, isso não tira as nossas expectativas. E mesmo não sabendo o resultado final dele — afinal, ainda não assistimos —  já imaginamos ser um daqueles encantadores, só pelo visual e pelas críticas positivas. Aliás, ganharam o prêmio de melhor elenco no Festival de Sundance em janeiro.

Detalhes que nos deixam mais encantadas ainda: na plateia de Berlim, maioria formada por jovens, o drama do filme causou um pouco de curiosidade: “mas como um rapaz que faz tudo pela garota consegue lidar com esse drama?” Murdoch, no palco, no fim da exibição para conversar com o público, respondeu simplesmente: “Você já se apaixonou alguma vez? As mulheres têm esse poder: elas podem te botar para cima e também para baixo. Especialmente as muitos bonitas.” ❤ ❤ ❤ ❤ <3.

God-Help-the-Girl-4

Sinopse do filme: Ambientado em Glasgow, na Escócia, o filme acompanha Eve, uma garota que, internada num hospital para cuidar de problemas emocionais, começa a escrever canções como uma forma de se sentir melhor. A composição de músicas se torna mais que um modo de espairecer e ela vai para a cidade, onde conhece James e Cassie, dois músicos com seus próprios objetivos e problemas. O que se segue é uma história de renascimento durante um longo sonho de verão.

A estreia do filme está para setembro, mas não temos previsão exata para o Brasil, inclusive, nem se chegará a ser exibido em salas de cinema por aqui. De qualquer forma, sabemos que vamos assistir, né? ❤ (perdi as contas nos corações, sabia que isso ia acontecer).

Ansiosas com a gente?

Beijo!

Malévola inspira

malevola 2

Uma das estreias cinematográficas aguardadas nos últimos meses/dias é a Malévola, mas a ansiedade vai muito além do filme, já que, em meio a tudo isso, o lançamento ainda pautou parcerias oficiais, como coleção especial de maquiagem pela Mac, vestuário infantil pela Stella McCartney, joias inspiradas e, ainda, marca que não fechou parceria oficial com a Disney, mas que não deixou de se inspirar no filme para criar peças.

Visualmente, a gente já meio espera que o filme seja lindo, tanto pelo sombrio quanto por todo o clima fantasioso carregado por ele. Isso nós já imaginamos. É óbvio que tudo isso não seria esquecido para que, logo depois, se tornasse base para a criação de produtos de segmentos que não ficam só na tela.

malevola anel 2

malevola bracelete

malevola anel 3

Assim como a maravilhosa coleção de maquiagens pela MAC, que inclusive divulgamos em nossa fan page (AQUI) quando tivemos notícias do lançamento, foi anunciada também a maravilhosa de joias da Crow’s Nest Fine Jewellery, totalmente pensada no filme. Um sonho mesmo, principalmente pela média de valores: de £ 2,5 mil (mais ou menos R$ 9.348) a £ 13,5 mil (cerca de R$ 50.481). Tem bracelete, anel, brinco e, gente, tem até earcuff na coleção (!!!). Tudo, definitivamente, lindo!

Earcuff Malévola:

A estilista Stella McCartney também se juntou e fez uma linha infantil do tema, nomeada Malévola by Stella McCartney Kids. São 8 peças diferentes para meninos e meninas. E não pensa que fica só na roupinha, não! Tem sandálias e tênis. Inclusive, o tênis para criança é o mais lindo entre os que vimos dela <3. Tudo vai ser vendido nas lojas Disney e da estilista.

malevola stella 2

Agora, nem tudo precisa surgir de uma parceria fechada oficialmente com a Disney, não é mesmo? Foi o que aconteceu com a loja Hot Topic, conhecida por vender produtos para fãs. A marca lançou roupas do mesmo tema, só que voltada para o público feminino e entre jovens e adultas. Interessou? A loja entrega no Brasil.

malevola hot topic

malevola hot topic 2

Quando puder, fico com as joias ❤ São maravilhosas, né? Completamente apaixonada até agora.

Mas e aí, ansiedade para ver a Malévola? Corre aí pro cinema que é hoje!

Um beijo!

Trailer do filme: