Lookbook #7: Whole Love

CW5B0133

O lookbook #7 chegou com uma mistura de peças básicas que amamos e, para completar, cobertas por um kimono estampadão e comprido que encantamos mais ainda. Junta isso, mais o trabalho incrível das fotos do fotógrafo Mário Camarão, mais o píer da Estação das Docas e mais o solzão, só podia ser amor. Belém é muito estrela com esse cenário, não é? <3. (Todas as fotos do lookbook 7 no final do texto)

Tudo aí é super usável, tanto que, em outra ocasião, já tinha sido usado por mim. Não cheguei a registrar com fotos, mas foi no Festival Loollapalooza (tirando o salto, claro). Tudo nele é muito leve, tem nem como combinar com o início de uma tarde de sol até noite.

Começando pelo kimono, total primavera/verão, super fresquinho e esvoaçante, se torna a chave para embelezar qualquer roupa basicona. Esse foi comprado na Forever 21, no valor de R$ 89. Bati o olho e achei maravilhoso. Não resisti (rs). Sei que quando voltei na loja (poucos dias depois) não tinha mais nenhum, mas kimono não falta mais! Tem na Romwe aqui para quem curte fazer compras internacionais. Não tem como pedir internacional? Achamos modelos na lojinha que adoramos, a Oh Céus Store. Quer mais? Vai na Dress To. Olha aqui e mais esse o que ainda tem por lá.

Vamos passar agora para shorts. Esse é da Farm. Um jeans velho amigo hot pants, curtinho e com sua cintura alta. É muito favorita no meu guarda-roupa. Não abro mão de shorts, principalmente desses que são básicos e vão me possibilitar milhares de ideias na hora de montar o todo. Já comprei faz bastante tempo, acredito que esse exato modelo seja difícil de encontrar por lá, mas na própria loja costuma ter vários no estilo.  Ainda assim, para quem não encontrar quando quiser, indicamos os mesmos sites das alternativas de kimono. A Oh Céus Store tem modelos aqui que funcionariam da mesma maneira. Ainda tem a Romwe também. Quer algo mais prático? A loja Marisa tá cheia de modelos hot pants.

A blusa é uma adaptação minha. Quem me conhece sabe, amo sair por aí cortando blusas. Foi o caso dessa, rs. Antes era uma camiseta branca, com mangas e comprida, aí decidi cortar as mangas de maneira cavada. Tenho sempre essa e outras que saio picotando em busca do básico necessário para equilibrar na hora de montar roupas. Experimenta fazer em casa! Faz bem e gasta quase nada além do seu tempo. Pode pegar qualquer uma das que tem por aí,  tem aquela do namorado/amg/família (risos).

Partindo para os acessórios, vamos falar da mochilinha <3. Teve um post sobre elas aqui, com tudo aquilo que pensamos e o quanto adorávamos desde adolescentes. Agora, em alguns modelos repaginados, adotamos algumas também. O modelo da foto é mais um da Forever 21. Não sei se recomendo bolsa da loja, porque tem beleza, mas vai faltar resistência. Se você é tipo eu que, quando compra uma bolsa nova, abandona quase sempre as outras e fica só com essa, também vai sentir tanto quanto eu o peso, porque quando não tem tanta qualidade, que é o caso das da Forever, usando direto elas se acabam rapidinho. Tem mais, essa ainda custou R$ 129. Não me arrependi, a minha ainda tá inteira, mas se você procura duração, não compre lá. Encontrei modelos relativamente baratinhos na Riachuelo, C&A e Renner, assim vale mais a pena comprar. E tem um modelo parecido com a minha aqui, ó.

Para finalizar, o sapato, outro que não tiro mais dos pés. Já falamos também sobre esses de estilo tamanco, clogs e mules no Shake It (link) <3. É muito encanto por eles! Sempre fica a lembrança de sapatos vintages. Esse aí é da Zara, nova coleção (vai que ainda tem). Custou R$ 189.

E aí, curtiram o Lookbook #7?

Um beijo!

(Fotos na galeria)

Tem também no meu lookbook.nu

Mochilas: praticidade e casualidade

mochilas 12

Lembro perfeitamente, na década de 90, quando em um certo período passei a usar bolsa tipo mochilinha para ir para o colégio, aquela mais arrumadinha — sem ser aquele mochilão comum que já usei diversas vezes. Adorava! Tinha ganhado algumas opções da mamãe e achava demais! E como tudo que vai volta, as mochilinhas ganharam diversos formatos e voltaram a conviver com a gente.

Mochila sempre foi algo bem casual, cara de dia, tarde e correria e, para isso, não custa nada escolher a nossa favorita e deixar o todo mais bonito, certo? A ideia é vintage (essa palavra que não sai daqui, rs), mas o acessório ganhou estampas e modelos novos, fazendo uma mistura incrível entre o tradicional e o moderninho, criando um super desejo por elas.

Tem estampa floral, tem jeans, tem de couro, estampas étnicas e diversas outras opções de mochilas. O ideal é usar com tênis, rasteiras, botas. Já a roupa pode ir desde o nosso eterno jeans, com calças, shorts, jardineiras, até uma saia midi, skater, vestido e outras opções casuais. Depois de ter uma, difícil é largar.

mochilas 7

mochilas 3

Pesquisei algumas lojas que vocês podem encontrar algumas delas, consegui várias opções e de vários preços, é só escolher a que mais cairia bem em você. As minhas favoritas são as de couro, pretas, sem muitos detalhes, mas teve uma que morri de amores, encontrei da Riachuelo (!!!), linda, marrom, de camurça e de franjas. Foi, realmente, amor a primeira vista.

mochilas 1

mochilas 9

Na loja Marisa tem preta com spikes por R$ 69,99 (aqui), um dos meus modelos favoritos, como tinha dito, é a preta basicona, tem aqui na Oh Céus Store — já falei dessa loja para vocês? já comprei lá e adoro –, étnica também na Oh Céus (aqui), bandeira UK (aqui), oncinha com tachinhas, estampa floral na Black Owl, jeans na Trecos de Panos, couro marrom no Enjoei, as maravilhosas da Urban Outfitters (que já falei aqui que é uma das minhas marcas favoritas <3): mochila marrom de franjas, marrom básica, preta básica e um dos modelos mais vintages que já vi aqui. E, ainda, os da Romwe: azul básica aqui e preta tipo couro aqui. Em todas essas lojas que marquei vocês conseguem encontrar mais modelos, mas essas foram algumas das que escolhemos.

Já tem uma? Conta pra gente o lugar que compraste!

Tem alguma pergunta? É só mandar aqui.

Beijo em vocês!

 

(mais inspirações na galeria – é só clicar na miniatura):

Kit básico de sobrevivência

A rotina de trabalho/estudo é bem cansativa. Muitas vezes você acorda sem paciência alguma pra se arrumar, mas o reflexo no espelho te avisa que seria interessante se você desse um jeito nessa cara amassada, tô errada? Passo por esse dilema todos os dias. Adoro maquiagem, mas tem uns dias que não rola disposição. Vocês devem me entender…

O que eu vou mostrar pra vocês é basicamente o que eu uso todos os dias. Só faço mudar a cor do batom.

02

 

  • 1. Blush “Pink Cult” – MAC: Uso esse blush no dia-a-dia porque ele dá apenas aquele ar saudável. Não é nenhum pouco pesado. Usar um blush bem leve pela parte da manhã é sempre uma boa opção.
  • 2. Paint Pot “Indianwood”- MAC: Os paint pots são minha grande paixão. Esse é mais especial, pois me acompanha todos os dias dando mais praticidade pra minha vida e dura o dia todo. Pra quem ainda não conhece, os paint pots são sombras em creme que secam e não ficam nada cremosas, dão um acabamento maravilhoso e ainda serve como primer de sombras. Viciei neles e uso em quase todas as maquiagens que faço. Você pode facilmente substituí-los por outras sombras em creme, mas cuidado! Faz um teste antes pra ver se acumula nas dobrinhas do olho e, para o dia-a-dia, escolha essas cores mais neutras, aí você pode usar o batom que quiser e arrasar no trabalho/faculdade/escola. Eu optei por essa cor porque é um dourado meio acobreado com um acabamento leeeeeevemente metalizado.
  • 3. Ombre Hypnôse “Sable Enchantê”- Lancôme: Essa é a minha sombra de iluminar embaixo da sobrancelha diariamente. Todo mundo tem a sua e a minha é essa! Mais uma vez: pode ser substituída por qualquer sombra peroladinha. Só não vale colocar aquela sombra super branca ou aquela com purpurina. Você vai sair de manhã de casa, gata! Se for pra exagerar exagera no batom. A proposta é apenas iluminar de leve seu olhar.
  • 4. Medium- Coverage Foundation “Beige 300”- Mary Kay: Essa base é uma das minhas preferidas porque tem o acabamento bem sequinho. Já que você vai ficar o dia todo fora de casa é melhor deixar aquela base que você SABE que a sua pele fica oleosa de lado.
  • 5. Sombra “Brun” – MAC: Uso essa sombra pra marcar o côncavo. pego um pincel bem fofo, dou umas batidinhas pra tirar o excesso e passo com a mão bem leve no côncavo. Como tenho os olhos muito caídos gosto sempre de sair com o côncavo marcado pra compensar a minha falta de paciência matinal de passar delineador ou lápis. Essa sombra é um marrom um pouquinho escuro, mas passa longe do preto.
  • 6. Studio Finish Concealer “NW25” – MAC: Um dos meus corretivos preferidos. Fica atrás só do prolongwear (também da MAC). O segredo é usar o seu corretivo preferido que você sabe que sustenta a sua rotina.
  • 7. Corretivo em pasta para sobrancelhas – Contém 1g: Não vivo sem! Minha sobrancelha é só falha e eu não saio sem corrigi-las. Virei dependente desses corretores de sobrancelha e agora o momento é desse! Adoro o efeito que ele dá.
  • 8. Máscara The Colossal – Maybeline: Adoro as máscaras dessa marca, mas nunca compro nada a prova d’água. Mesmo com a maior paciência do mundo, lavando os cílios com shampoo de bebê… Não saia completamente. Meus cílios estavam caindo muito e eu achava que não ia sobrar nenhum pra contar a história. Parei de usar rímel a prova d’água e todos meus problemas acabaram. Problema resolvido! Esse amarelinho é o meu preferido pro dia-a-dia.

Esse é o resultado final ainda sem batom:

IMG_1628

 

Você deve estar se perguntando: E O PÓ COMPACTO, NAY? Se não perguntou eu vou responder de qualquer jeito. Como a base que eu uso é bem seca eu não sinto necessidade de usar pó, mas levo sempre na bolsa o Studio Careblend da MAC e aqueles lencinhos pra tirar a oleosidade pra dar uma corrigida durante o dia.

IMG_1647

 

O mais legal de usar sombras neutras é que você pode usar o batom que você quiser. Nesse dia eu optei pelo Raspberry Mate da Contém 1g. 

Eu quero saber qual a sua rotina diária de maquiagem. Achou um exagero? É mais exagerada que eu? Só passa corretivo, pó, rímel e #partiu? Me conta que eu quero saber!