Lookbook #15: This Is New

Lookbook 15 (5)

Sabe os dias que você vê beleza em peças básicas que estão no seu guarda-roupa? Assim eu me sinto com as escolhas do Lookbook #15. Abro o armário e vejo – pra variar – uma muscle tee, as regatas cavadas, que tanto tenho e falo aqui no Shake It, uma saia mini preta básica e, depois, escolho aquele que é um dos meus tênis favoritos e pronto, me sinto ótima para ir pra qualquer lugar. Fotos lookbook: Mário Camarão (lookbook completo na galeria).

As escolhas de hoje são total Farm e garanto que não daquelas que levam muito do nosso dinheiro, ahahaha. Começando pela regata cavada, preciso dizer que amo a silk dessa também – sim, o corte parece com a última do lookbook passado que falei, né? Essa é uma parceria Disney e Farm (com o que essa loja não faz collab?!), pode reparar que é o Zé Carioca. Ganhei de presente, mas lembro que custava algo por volta das regatas da marca, como R$ 79,90. Curtiu? Ela é da coleção passada, mas como também já falei, vocês encontram muitas outras de corte parecido por aí, por exemplo, na Oh Céus.

A saia também é Farm. Não costumo curtir saias justinhas assim, mais por conta de achar que não fica muito legal em mim, mas junto de uma blusa mais soltinha e um tênis, que deixa tudo mais básico, fica ideal. Quando comprei, tava em promoção, ela custou R$ 89,90, também da coleção passada. Curtiu? O bom, para quem curtiu, é que a mesma ainda pode ser comprada AQUI. É sempre bom ter uma peça bem básica, afinal você vai ter mil opções para combinar, desde blusas até sapatos diferentes.

O tênis é Adidas, mas daqueles vendidos na Farm. Amei as franjinhas, na hora que vi, me encantei. Apesar das cores, ele combina muito com vários estilos de roupas, inclusive algumas super estampadas, já que o cinza que prevalece acaba neutralizando. Não largo por nada! Também coleção passada – égua, mas tu só usas peças de coleção passada, né? Sim, valeu promoção, ahaha –, mas também é possível encontrar adidas (sem franjas :/) de outros modelos, com o mesmo formato, no próprio site da marca, tipo esse.

E você, tem dessas de ver beleza em peças “de sempre”?

Um beijo.

Lookbook #13: Candyfloss

Crédito foto: Mário Camarão

Hoje é dia de lookbook novo e com a amiga, parceira editora Shake It: Nay <3. As escolhas para o de hoje são bem leves, com peças confortáveis e que ficam bem em diversas ocasiões. Uma das melhores sensações é se sentir livre, bem e confortável nas roupas que usamos, não é? O suficiente para afastar qualquer patrulha que interfira falando que não está legal por blá blá e blá — não que alguma vez na vida tenha me importado com isso :D. Crédito fotos: Mário Camarão (fotos Lookbook completo na galeria — final do texto).

Enfim, voltando para a liberdade que esse look proporciona, vamos começar pela calça, já que é uma peça chave na combinação: essa estampa com flores de cores quentes, no fundo preto, é uma das minhas favoritas. Só de olhar já tem como perceber que é super leve, tanto pelo tecido fino, quanto por ser super folgadinha. Mas uma das coisas que mais me anima nessa peça, é o fato de ainda ter uma cintura alta, assim fica ótimo para usar com blusa curta ou para dentro. Eu usaria tanto durante o dia, quanto tarde e noite. Essa aí é da C&A e até poucos dias ainda tinha para vender no site (até colocamos na nossa lista de peças favoritas aqui da loja virtual deles), mas por lá acabou :(.  Talvez vocês ainda encontrem em algumas lojas físicas. Ela custou por volta de R$ 70. Mesmo não tendo mais, encontramos umas e outras estampadas ou pretas e no estilo pantalona na própria C&A aqui e outra, Renner aqui (gostei) e aqui (tb não curti muito essa estampa) e uma da Farm com fenda lateral no OQ Vestir <3.

A blusa é preta no formato cropped, soltinha, o que mantém o look leve (mas ficaria super bem com um top cropped coladinho também). Eu adoro roupa preta, muitas vezes saio toda de preto, ahaha, então sou suspeita para falar que essa também seria a minha escolha para acompanhar a calça. Não tinha como pesar em nada aí. Gosto de blusas assim por poder fazer um milhão de combinações. Essa também é da C&A e, apesar de não ter mais no site, vocês encontram mil outras parecidas ou iguais nas lojas físicas e até no próprio site aqui uma parecida (só que formato regata).

Os acessórios (colares maiores) são da C&A também. Tá aí quase que um look todo da mesma loja, tirando o colar menor, que é da Sheinside. Eu adoro misturar os colares entre tamanhos e pingentes diferentes também. Vontade de usar tudo de uma vez, ahaha. Não encontramos mais os mesmos, mas encontramos outros lindos e que são misturáveis também, nos dois sites. C&A aqui e ESSE Sheinside que já vem cheio de pingentes. Lá vocês ainda encontram mais e que valem muito também.

O que vocês acharam do lookbook #13?

Beijo!

Lookbook #12: Black Moon

lookbook 12-1Crédito foto: Mário Camarão

O novo lookbook traz referências atuais e antigas, o que é bem natural nessa vida pós-moderna, ahaha. A estampa do kiimono, o coturno e gargantilha são atuais, mas vieram de uma inspiração na década de 90 e, já nos anos 90, as pessoas utilizavam peças semelhantes, mas com referências do estilo gótico para inspirar. A moda é assim mesmo. O que usamos hoje é inspirado em outra década que já era utilizada em outros anos e por aí vai. Hoje, tudo isso trouxe para a moda (de roupas, acessórios e make) o que estão chamando de “novo gótico” gótica suave, gótica desanimada ahahaha, que várias cantoras, atrizes e modelos aderiram, como Taylor Momsen e Rihanna.

Uma observação: deixando claro que levo na piada o termo “novo gótico”, tá? Ahaha. As referências são bem legais e, independente de moda, gosto, uso e já usava, assim como muitas pessoas, alguns elementos do estilo por curtir e se sentir bem).

Se for parar para falar do gótico poderíamos começar pela arte e arquitetura do estilo, que surgiu na França. Mencionar as catedrais que o representam bem e mostrar como tudo isso influenciou no gótico subcultura, não é? Mas, centralizando como estilo de vida, ele aconteceu entre o final da década de 70 e 80, era associado diretamente a música com gêneros musicais que, mais tarde, inspiraram o surgimento do gênero próprio, o rock gótico. Na moda, ele era visto nas roupas de cores escuras tipo preto, roxo, lilás, vinho e tudo o que fosse mais “sombrio”, assim maquiagem e cabelos.

Nos anos 90, os filmes da década: Edward Mãos de Tesoura, Família Addams e outros também nos remetiam a estética gótica. Na moda, assim como hoje, peças novas se misturavam com elementos antigos, criando uma identidade, por exemplo: as gargantilhas choker que tanto falamos, os coturnos também lembram bem o gótico, meia-calça arrastão, couro preto, batons escuros e por aí vai, todas eram usadas nos 90’s. Imaginem tudo isso misturado a uma juventude que, em boa parte, vivia o grunge, já marcante nas camisas, saias e vestidos de flanela. Era um super shake de dois momentos e culturas diferentes, isso não podia cair em outra coisa além de uma fase bem original.

Mas voltando hoje e para as peças utilizadas nesse lookbook #12: esse kimono, vestido de forma casual, é uma peça bem atual, já a estampa sun moon and stars ou constelação (já falamos AQUI), transporta para a década de 90, quando foi muito utilizada. Esse é da Farm, da última coleção, me custou R$ 179 na época. Caso tenham se interessado, saibam que até pouco tempo fui na loja (de Belém) e ainda tinha, mesmo não sendo dos últimos lançamentos da última coleção (se ainda existir algum, certeza que está com descontão). No site não tem mais :(. Quem não encontrar e estiver em uma fase de kimonos escuros, aviso que na C&A tem, pelo menos, 2 modelos, um todo preto vazado e comprido e outro com flores vermelhas, mas o fundo é preto também.

O shorts jeans preto é um hot pants. Essa foi uma peça muito usada nos 90’s também. Tenho esse há um bom tempo, acho que desde 2010/2011, quando comprei na Marisa (sim, tá durando). Ele já desbotou algumas vezes, daí fui lá e tingi de novo, ahahaha. Faz tanto tempo e por isso nem lembro o valor, mas deve ter sido em torno de R$ 59,90. Esses spikes foram aplicados por mim, tinha mais, mas como enjoei tirei a maior parte e deixei esse pouquinho aí, já estou quase para tirar também, hihi. Caso tenha agradado, tem modelo parecido na Oh Céus Store aqui.

Vou juntar a blusa e a gargantilha, tá? Até porque as duas não possuem muitos detalhes. A gargantilha é mais uma das voltas por inspirações em modas passadas. Essa aí foi feita por mim. Comprei 2 metros de fitilho de camurça no comércio (para montar várias com vários pingentes) e, junto, esse pingente que achei muito bonitinho <3. Todo mundo pode ter/fazer uma. Não gastei nem R$ 5 nisso. A blusa é básica, nem lembro como comprei de tão antiga. É uma daquelas que vocês acham na Riachuelo, C&A e outras lojas de departamento. É ótima para complementar quando tem uma ou outra peça que chama mais atenção, além de ser maravilhosa para dias básicos.

O coturno vocês já viram por aqui no último look. Esse é da feira de BH, mas que vocês encontram pela internet e em sapatarias vários modelos legais e até em conta, dependendo da loja. A bolsa faz referência a um estilo folk e, ainda assim, por ser uma peça muito usada hoje, não quebrou em nada no look. Essa foi comprada na Yamada há uns 2 anos, mas também não tem dificuldade para achar. Tem um modelo lindo atualmente na C&A (vários, na vdd), tem na Renner aqui e aqui e em muitas outras lojas.

O que vocês acharam do post/lookbook black moon?

Um beijo!

Lookbook #11: You And I

lookbook_11_1 Crédito foto: Mário Camarão

Faz tempo que não publicamos um lookbook por aqui, né? Mas ele voltou ❤ e voltou em um clima simples, versátil, com penteado facílimo, peças misturadas e ideias para um fim de tarde, dia e até noite. E assim vamos contar para vocês os detalhes de cada uma das nossas escolhas para o novo look Shake It. As fotos foram feitas pelo Mário Camarão (fotos lookbook completo na galeria — final do texto).

Começando pela peça favorita do Lookbook You and I: o macacão/jardineira preto, em tecido, com leves brilhos, é super fresquinho, atual e esbanja facilidade de combinar com looks diurnos e noturnos. Curtinho assim fica lindo com botinhas, tênis, salto, rasteiras… Ou seja: todas as opções, ahaha. Esse foi comprado na Riachuelo há um tempinho, em junho desse ano, e me custou R$ 69,90. Apesar de, provavelmente, não ter mais na loja, vocês conseguem encontrar modelos que não fujam da ideia. Encontramos na Renner um que faz mais o estilo jardineira AQUI, mas como é curta e preta, ainda fica com o mesmo sentido. Além disso, se vocês quiserem algo mais pro tecido, adianto que é super simples de fazer uma assim. Se você tiver uma boa costureira é só escolher um tecido preto, baratinho mesmo, e falar como quer.

A blusa escolhida é adaptável para várias situações também. É muito tranquilo de usar e combinar várias roupas com blusas listradas, já usei essa de mil formas: calças jeans de cintura alta, shorts de cintura alta, saias, jardineiras e com esse macacão aí que vocês estão vendo. A união dessas duas peças rendeu uma das minhas combinações favoritas. Essa blusa foi presente, ganhei e amei. Para quem quiser ver se ainda acha igual, essa é da Calvin Klein, mas acho que além de não ter mais nas lojas (ganhei em junho), digo que vocês podem comprar o mesmo tipo em outras lojas,  até pelo valor, para ser mais em conta para os bolsos. Achamos uma no mesmo estilo no site Dafiti, aqui.

As botas tipo coturno já apareceram aqui. Amo e sou viciada nessas aí. Consigo combinar com calças super skinny, leggings, saias, shorts, vestidos e jardineiras, então, não tem como não amar. Essa também foi presente, comprada em uma feira de BH, mas assim como a blusa, não tem dificuldade para encontrar o modelo. Encontramos uma no site Passarela AQUI, essa do site tem uma aba e não, não curtimos essa aba, mas essa que estou usando também tem uma e para resolver coloco a aba para dentro da bota e pronto, tudo lindo e feito <3. Uma boa parte dos coturnos vendidos nesses sites tem esse detalhe que não suporto, mas é sempre muito simples de solucionar, só colocar para dentro mesmo.

Não podia finalizar o #11 sem falar de um dos meus “penteados” mais práticos e favoritos: a tiara de tranças <3. Pra fazer só precisa ter um cabelo médio ou longo. Ela é super simples, tanto que quase nem considero um penteado. Vamos preparar um vídeo para mostrar como faz. 😉

E aí, o que acharam  do novo lookbook?

Um beijo!

Lookbook #10: One Sunday Morning

 

Lookbook 10 - 3

10 lookbooks já passaram e mais do que curtindo todos os publicados, estamos super felizes com os acessos de vocês, comentários e curtidas desses que já passaram por aqui. Lembrando que todos eles são montados com nossas próprias peças, Por isso que nós já amamos. O #10 une mais algumas das nossas paixões, daquelas que sempre mencionamos aqui: Simpsons, sneakers Adidas, mochilinhas e tudo bem cara de passeio do domingo. Fotos: Mário Camarão. (Fotos lookbook completo na galeria – final do texto).

Temos que começar pelo shorts Simpsons, não é? ❤ Além do vício pela própria série, já postamos aqui sobre essa febre de roupas para os fãs da animação. Nos deparamos com saias, blusas, shorts moletons e outros estampados com os personagens. Quem já amava, achou maravilhoso! Mais formas de se declarar fã. Esse meu é cintura bem alta e curto, como vocês estão vendo. Paguei em torno de R$ 80 nele. Curtiu? Tem na lojinha que sempre falamos aqui: na Oh Céus Store. E ah, já que estamos falando em Simpsons, não posso deixar de comentar sobre a nossa ansiedade para o episódio que vai juntar as duas famílias maravilhosas: Simpsons e Family Guy! Ele vai ao ar dia 28 de setembro e já sabemos que vai ter surpresonas. Em outro post falaremos mais sobre <3.

A camiseta é uma basicona, uma muscle tee preta. Até hoje acho que fica diferentinho uma muscle tee no look todo, mesmo uma básica assim. Essa é da Forever 21, mas não precisamos de nenhuma loja assim para ter uma dessas. É a mesma ideia que falei no lookbbook passado: uma camisa preta, normal, que você tenha em casa e queira ganhar uma nova, é só cortar as mangas e a gola e pronto, ganhou uma muscle tee que vai com jeans, saias e milhares de peças do seu guarda-roupa. Mas, se ainda assim você preferir comprar uma, é possível encontrar na Reneer, Riachuelo, Farm na própria Oh Ceus Store aqui e mais.

E os Sneakers Adidas? ❤ Muito amor por eles! Nesse caso, estamos falando daqueles tradicionais, sem salto e estilo tênis. Esse ganhei de presente, mas sei que foi comprado na Farm. Quem conhece, já sabe que as marcas são parceiras e, inclusive, já fizeram projeto colaborativo e tudo. Esse modelo aí não foi da coleção collab, mas já vendia lá na loja. Na coleção atual, vocês encontram alguns modelos de Adidas no estilo botinha. E tem a loja Your Id também, uma boa para quem procura/gosta de sneakers femininos e masculinos.

A mochila já falamos aqui, tanto desse modelo específico, já usado em outro lookbook, quanto um post especial sobre o mundo das mochilinhas. Essa minha é da Forever 21, mas acredito que não tenha mais vindo deste modelo específico para o Brasil e como comprei em abril, vai ser difícil achar. Mas, agora, com a popularização delas, encontramos vários modelos por aqui. A Riachuelo e a C&A estão com diversos delas. Tá valendo pelo preço e modelos. Se quiser mais opções, tem na Black Owl (aqui).

E aí, curtiram as misturas?

Bem urbano, não é?

Um beijo!

Lookbook #9 I’m Always In Love

lookbook 1

Tem paixão no Lookbook #9! E quando que não tem? Pois é. O novo lookbook traz combinações que amamos, com preço que cabe no bolso e que cabe o uso para diversas ocasiões no nosso dia. Daisy print – que vocês já cansaram de nos ler falando sobre –, blusa customizada por mim e aquele tamanco maravilhoso que vocês já viram em outro look aqui. Fotos lookbook: Mário Camarão. (fotos lookbook #9 completo na galeria – final do texto)

Começamos pela saia: mais uma skater na minha vida, essa aí é com a estampa que já falamos há um tempo aqui, a daisy print. Essa peça foi comprada na Forever 21 do Rio de Janeiro e custou apenas R$ 49 dinheirinhos. Tem um tempinho que comprei, mas como nunca deixamos faltar, mostramos opções parecidas que vocês podem encontrar, caso queiram e não achem lá na loja. Encontrei uma lindíssima na Riachuelo, mas como não tive tempo de fazer o click e não achei na internet, não sei exatamente o valor para contar pra vocês, mas se estiver passando pela loja do Boulevard, pode ir lá ver que tem (vi essa semana). Prometo fazer uma foto e mostrar para vocês. Mas, enquanto isso, achei opções lindas de skater florais e uma que lembra daisy print em versão menor, aqui ó.

A camiseta espelha um dos maiores vícios da minha vida: sair cortando todas as camisas que acho pela frente nesse estilo muscle tee, risos. Essa camisa aí me custou R$ 15. Ela é tamanho G, tinha mangas, gola e nada estampado. Nós sabemos que, às vezes, precisamos daquelas peças básicas que vão com outras estampadas ou que pedem algo mais simples mesmo, como nesse caso. Então peguei essa blusa, uma tesoura daquelas bem amoladas, marquei os pontos dos cortes e tirei a gola e as mangas. O resultado é esse, vai com quase tudo nessa vida. Quem nunca fez, experimente. Faz bem, aproveitamos aquela camisa velha que nem olhávamos mais e ganhamos uma nova. ❤

O tamanco já é conhecido por aqui. Ele é sobre saudades. Vintage, porém atual e lindo <3. Tenho uma queda gigantesca por alguns modelos estilo tamancos — desde que eles sejam nesse estilo, fechado na frente — tipo mule/clog (que também já fizemos um post sobre aqui). Esse é da Zara e já dito, custou R$ 189. É da última coleção, então, ainda é possível achar nas lojas, aqui o link dele. Mas para quem não tem nenhuma por perto, encontramos uma outra opção que babamos muito na Dumond.

E aí, curtiram?

Beijo!

 

Lookbook #8: Country Disappeared

 

Lookbook 8 - crédito foto Mário Camarão (3)

Sim, nós sabemos, a vida tá só Copa e praticamente não conseguimos pensar em outra coisa, mas vamos fugir dessa um pouquinho só para contar o nosso Lookbook #8. Esse tem algumas das minhas peças favoritas – como poderia não ser favorito meu, né? Blusa gola com laço, cintura alta, bota estilo cowboy, bolsa de franjas e tudo isso na Estação das Docas, com fotos do Mário Camarão. (Fotos Lookbook 8 completo na galeria – final do texto)

As blusas com laço na gola, também conhecidas como pussy bow blouse (sim, esse é o nome), nos remetem a moda da década de 60 e 70 e não só de lá! Começaram a se popularizar na década, mas essa é mais uma das peças que vão e voltam. O modelo é lindo, pode ser feito em casa e, ainda, encontramos em algumas lojas por aí. Que tal pegar aquela blusa de gola, de mangas ou não, pegar aquele lenço e fazer um laço na gola abotoada? Uma blusa que era básica e formal, pode se tornar uma novidade no seu guarda-roupa. Mas para quem quiser comprar pronto, tem na ASOS aqui (alertando: recentemente, o prédio central deles sofreu incêndio e as encomendas de lá devem atrasar mais um pouco).

Sobre a calça jeans cintura alta: já foi falada aqui em outro lookbook, mas em uma versão jeans claro. Como falei antes, essa calça era/é um sonho de consumo encontrado na Topshop. também já falei quanto me custou: em “promoção” tava por R$ 189, mas logo depois ficou bem mais barata. Comprei tem um tempo, mas, recentemente, vi que ainda tem muitas lá. Essas calças nunca saem das coleções deles.

Passando para as botinhas <3, essas são do estilo cowboy. Em um post (aqui) já deixamos dicas de usos delas. Essa aí é da Dumond, foi presente. Sei que os sapatos lá não são dos mais acessíveis, mas indico para vocês: eles valem a pena! Em lojas, não encontramos mais esse modelo específico, mas lá temos mil motivos para nos apaixonar. A nova coleção tá linda, por exemplo, cheia de botas e uma ou outra no estilo da minha.

Já a bolsa, também foi mencionada outras vezes aqui, essa foi achadão na Yamada. Contei a minha saga para vocês, né? No final de 2012, eu estava enlouquecidamente em busca de uma, até que a minha mãe fez o favor de encontrar uma na loja Yamada (!!!) e comprou pra mim. Essa custou R$ 200. Apesar de não ter mais esse exato modelo por lá, o que não falta é bolsa de franja por aí. Tem na Renner, na Riachuelo e essa aqui na Black Owl! Tá ótima, né?

Agora, sim, podemos falar de Copa de novo, risos. Alias, já até comentei que tô sofrendo por antecipação só pensando na hora que acabar 😦 Mas, é isso, vamos curtir enquanto temos.

Um beijo!

 

Lookbook #7: Whole Love

CW5B0133

O lookbook #7 chegou com uma mistura de peças básicas que amamos e, para completar, cobertas por um kimono estampadão e comprido que encantamos mais ainda. Junta isso, mais o trabalho incrível das fotos do fotógrafo Mário Camarão, mais o píer da Estação das Docas e mais o solzão, só podia ser amor. Belém é muito estrela com esse cenário, não é? <3. (Todas as fotos do lookbook 7 no final do texto)

Tudo aí é super usável, tanto que, em outra ocasião, já tinha sido usado por mim. Não cheguei a registrar com fotos, mas foi no Festival Loollapalooza (tirando o salto, claro). Tudo nele é muito leve, tem nem como combinar com o início de uma tarde de sol até noite.

Começando pelo kimono, total primavera/verão, super fresquinho e esvoaçante, se torna a chave para embelezar qualquer roupa basicona. Esse foi comprado na Forever 21, no valor de R$ 89. Bati o olho e achei maravilhoso. Não resisti (rs). Sei que quando voltei na loja (poucos dias depois) não tinha mais nenhum, mas kimono não falta mais! Tem na Romwe aqui para quem curte fazer compras internacionais. Não tem como pedir internacional? Achamos modelos na lojinha que adoramos, a Oh Céus Store. Quer mais? Vai na Dress To. Olha aqui e mais esse o que ainda tem por lá.

Vamos passar agora para shorts. Esse é da Farm. Um jeans velho amigo hot pants, curtinho e com sua cintura alta. É muito favorita no meu guarda-roupa. Não abro mão de shorts, principalmente desses que são básicos e vão me possibilitar milhares de ideias na hora de montar o todo. Já comprei faz bastante tempo, acredito que esse exato modelo seja difícil de encontrar por lá, mas na própria loja costuma ter vários no estilo.  Ainda assim, para quem não encontrar quando quiser, indicamos os mesmos sites das alternativas de kimono. A Oh Céus Store tem modelos aqui que funcionariam da mesma maneira. Ainda tem a Romwe também. Quer algo mais prático? A loja Marisa tá cheia de modelos hot pants.

A blusa é uma adaptação minha. Quem me conhece sabe, amo sair por aí cortando blusas. Foi o caso dessa, rs. Antes era uma camiseta branca, com mangas e comprida, aí decidi cortar as mangas de maneira cavada. Tenho sempre essa e outras que saio picotando em busca do básico necessário para equilibrar na hora de montar roupas. Experimenta fazer em casa! Faz bem e gasta quase nada além do seu tempo. Pode pegar qualquer uma das que tem por aí,  tem aquela do namorado/amg/família (risos).

Partindo para os acessórios, vamos falar da mochilinha <3. Teve um post sobre elas aqui, com tudo aquilo que pensamos e o quanto adorávamos desde adolescentes. Agora, em alguns modelos repaginados, adotamos algumas também. O modelo da foto é mais um da Forever 21. Não sei se recomendo bolsa da loja, porque tem beleza, mas vai faltar resistência. Se você é tipo eu que, quando compra uma bolsa nova, abandona quase sempre as outras e fica só com essa, também vai sentir tanto quanto eu o peso, porque quando não tem tanta qualidade, que é o caso das da Forever, usando direto elas se acabam rapidinho. Tem mais, essa ainda custou R$ 129. Não me arrependi, a minha ainda tá inteira, mas se você procura duração, não compre lá. Encontrei modelos relativamente baratinhos na Riachuelo, C&A e Renner, assim vale mais a pena comprar. E tem um modelo parecido com a minha aqui, ó.

Para finalizar, o sapato, outro que não tiro mais dos pés. Já falamos também sobre esses de estilo tamanco, clogs e mules no Shake It (link) <3. É muito encanto por eles! Sempre fica a lembrança de sapatos vintages. Esse aí é da Zara, nova coleção (vai que ainda tem). Custou R$ 189.

E aí, curtiram o Lookbook #7?

Um beijo!

(Fotos na galeria)

Tem também no meu lookbook.nu

Jeans sobre jeans

jeans 22

De 1853 até a eternidade. Esse é o tempo de vida de uma das peças mais universais do guarda-roupa de todos: o jeans. Quando este tipo de calça foi inventada por Levi Strauss para, inicialmente, atender a garimpeiros, não era esperado que se tornasse tão indispensável assim na vida. Bem sabemos que difícil é viver sem esse tipo hoje, e outra: não há necessidade de querer viver sem, afinal, a praticidade que temos com ela, além de diversas opções para as milhares de ocasiões, só nos trazem vantagens. Não tem limite.

A ideia inicial era resistência, mas mais tarde o jeans foi lapidado até que, por que não?, virasse algo necessário e, ainda, marcante no mundo da moda. O tecido de Nimes, depois abreviado para denim (assim foi chamado), carrega — muito antes da moda — um enorme valor histórico. Inicialmente, o jeans não era utilizado por mulheres, era visto como vestuário masculino, até que futuramente passou a ser, literalmente, universal. Imaginem hoje em dia  viver sem. Impossível.

jeans 17

jeans 4

Para todos os momento em que nós simplesmente acordamos preguiçosos, abrimos o armário e damos de cara com ele… Pois é! Até aquele dia que estamos dispostos a gastar mais tempo se arrumando, ele continua infalível, não é? Calças, shorts, blusas, jaquetas, saias e por aí vamos vendo o mundo de opções que encontramos desse tipo. Não tem como dispensar. E sobre tudo isso, chegou um momento que não bastar amar o jeans e usar apenas uma peça no estilo, temos, ainda, a possibilidade de usar duas peças do “mesmo” tecido junto.

Isso parece que vai pesar um pouco para você? Nem sempre precisar ser assim. Estamos acostumados a ver que nem tudo o que parece ser jeans é mesmo um e, nesse caso, podemos nos aproveitar disso perfeitamente. Não vamos negar que o uso de duas peças denim, em um dia muito quente, complica. Mas é aí que nem tudo o que aparenta ser precisa ser, entendeu? Já vimos diversas blusas que parecem ser do tecido, mas na verdade é apenas o tingimento que imita a cor e, no final, ela é bem mais leve. Aí a vantagem para não se tornar tão quente. Lembrando: para variar, nesses dias quentes não podemos esquecer dos shorts e bermudas, esses sempre confortáveis e fresquinhos.

jeans 9

jeans 10

jeans 13

E se nós amamos toda essa versatilidade, vamos aproveitar! Blusa jeans + shorts jeans ou calças + blusa, ou saia + uma blusa qualquer e um colete jeans… Poderia passar o dia montando looks jeans, não há como não imaginar milhares e, ainda, pensar em como todos estes podem ficar desde modernos até vintages, ou bagunçadinhos e até um bem arrumado.

jeans 19

jeans 20

A mistura não pesa, fica bem casual. E tendo a mesma ideia de tecido, que tal escolher tons diferentes dele? A blusa em um tom e a calça em outro. O melhor dessa junção: podemos exigir mais dos acessórios, chapéu, tiaras, bolsas, do sapato: seja na cor, estampa ou modelo e entre outras coisas que podem destacar um pouco mais já que quase tudo ali vai ser mais jeans. Se não quiser juntar os jeans em um só look, sem problemas! Uma jaquetinha jeans vai muito bem com um vestidinho, ou até um simples shorts com uma camiseta <3.

Resta sempre abusar da peça. Essa é na correria e na calmaria, alegria e tristeza até que a morte nos separe.

Um beijo!

Inspirações jeans na galeria!

Fotos: http://lookbook.nu/

Lookbook #6: Hotel Arizona

look2b (1)

Melhor dia da semana, mais conhecido como sexta-feira, chegou e, hoje, aproveitou pra trazer o lookbook #6, o Hotel Arizona Wilco minha vida você combina com qualquer coisa, que tá pronto para deixar dicas e te inspirar para sair nesse e em qualquer outro final ou até dia de semana. A edição #6 tá cheia de prometidos nas nossas vidas, chegando aí um monte de paixão: calça jeans cintura alta, top básico, turbante e óculos escuros redondinhos <3. Fotos por Mário Camarão. (Todas as fotos do lookbook na galeria — final do texto)

Vamos começar com a calça jeans cintura alta? Pois é, essa aí era mais que sonho de consumo e vou te contar que eu procurei demais (!), até que um belo dia em São Paulo, passeando pela eterna Topshop, encontrei milhares delas! Parece fácil, mas no fundo nós sabemos o quão difícil é, mesmo hoje, achar calças jeans de cintura bem alta MESMO e que vistam bem, que é o caso dessa. Ela se ajusta perfeitamente no corpo. Foi desesperador (de alegria) quando entrei na loja e vi, simplesmente, diversas calças no mesmo estilo. Jeans escuro, claro, claro desbotado, jeans médio, preta, cinza… Como eu provei, amei e sabia que não tava tão fácil de achar assim, decidi comprar logo dois tipos dela, essa clara e uma escura. Em “promoção” tava por R$ 189, mas logo depois ficou bem mais barata. Comprei tem um tempo, mas recentemente vi que ainda tem muitas lá. Essas calças costumam ser eternas na loja, não importa coleção.

O top curtinho também é da Topshop. Como disse em lookbooks anteriores, ele, definitivamente, sempre vai marcar presença na minha vida e em diversas outras edições aqui. Versatilidade define essa peça. É uma daquelas universais, vai com quase tudo que tem no seu guarda-roupa, então, sempre vale a pena, principalmente quando custa tipo o que esse me custou: R$ 39. Também torno a dizer nessa 6ª edição, pode até não ter mais o mesmo na Topshop, mas você encontra outros no mesmo molde por lá, caso queira outra opção, mostrei também que é possível achar na Renner, Forever 21 e, ainda, fazer adaptações em nossas próprias blusas, aquelas que a gente já até cansou de olhar.

A novidade da vez é o turbante. Apesar de não ser algo novo na minha vida, esse é o primeiro lookbook com o acessório. Nós já prometemos vídeo/tutorial sobre como fazer um de maneira bem simples e com lenços ou tecidos que você tenha em casa, pois é, como promessa é dívida, a gente não esqueceu e prometemos cumprir em breve! Já falamos também sobre eles em um post com ideias do que usar em um festival (aqui). O interessante é a capacidade dele de mudar lindamente todo o visual, não é? Esse eu comprei na Galeria Endossa, em São Paulo. Encontrei vários modelos/estampas deles por lá. Quem quiser uma outra opção, encontrei também nas lojas Renner, uns lindos, por sinal. Mas quer saber a melhor opção? Esperar o nosso vídeo sobre como fazer o seu e em casa <3.

Outro acessório da Endossa aí são os óculos, já usados no lookbook Sky Blue Sky (aqui). O bom é que já nem tem tanta dificuldade em achar um modelo assim no tamanho “redondo ideal”, a gente encontra em óticas, Marisa, Renner, Riachuelo, sites de lojas internacionais como Motel RocksAsos e marcas como Rayban vendem esses e outros modelos parecidos. Esse meu foi só R$ 39.

E a última peça que também não é novidade: as cut out boots <3, também já falamos aqui (nosso primeiro post sobre moda <3)! Conforto, fresquinhas, curtas, lindas e para diversas ocasiões. Avisamos sobre a chegada delas pelo nosso Instagram e Facebook assim que encontramos nas prateleiras da Renner. Compramos por R$ 179. Gostou? Tenho uma boa notícia então: essa semana ainda vi algumas das mesmas na loja de Belém. Aproveita!

E aí, curtiu a mistura do lookbook #6? Sugestão? Dúvidas?

Já sabe, só comentar aqui.

Um beijo e bom final de semana!