Paint Pot, qual é a sua?

IMG_2830

“O que são os paint pots? Como vivem? Do que se alimentam?”

Essas são as perguntas que eu fazia quando via as pessoas falando dos paint pots da M.A.C. Realmente não sabia por onde passava e só fui descobrir-barra-querer há uns 2 anos. Sempre via algumas meninas querendo, mas não via o porquê. Nunca entendi se era uma sombra, se era base de sombras… Falando sério: tinha preguiça de entender e achava que nunca ia precisar.

De acordo com a marca os paint pots são:

“Sombra para os olhos altamente pigmentada que desliza de forma cremosa e seca para um resultado vibrante e intenso. A próxima geração de uma fórmula popular de M·A·C, Paint Pot mantém todos os intensos traços de sua inspiração. De longa duração, cria uma cobertura sem falhas, leve e sem solidificar. Mistura-se suavemente sobre as pálpebras. Sua base cremosa permite que seja misturado com as sombras e delineadores M·A·C.”

Tá, mas pra que serve? Resume aí!

O paint pot é uma sombra cremosa, mas aí que vem a parte legal: ele não acumula nas dobrinhas dos olhos. Não acumula mesmo! Além de servir como base para sombras. Em algumas tonalidades ele ajuda a neutralizar a cor da pálpebra pra tudo ficar com uma cor linda e uniforme.

Vou mostrar os que eu tenho que são 3 (ainda) pra ficar melhor de entender.

IMG_2837

IMG_2840

Esse é o Painterly. É basicamente o que eu uso pra neutralizar a pálpebra. Antes usava um corretivo mais claro pra aproveitar mais as cores, mas esse paint pot é a tonalidade perfeita. Não deixa nada melecado… Uma maravilha! Quem acompanha o blog já deve ter visto que eu uso ele em quase todas as minhas maquiagens mais elaboradas.

Ps.: Essa marca de unha fiz enquanto tirava foto por motivos de sou estabanada

IMG_2842IMG_2845

O Dangerous Cuvée foi aquele que eu comprei e testei no braço e fiquei maravilhada, mas na hora de passar o negócio é outro. É o que eu menos gosto. Tem uns brilhos LINDOS. Quando você passa o dedo pra testar é de tirar o fôlego, mas o fundo cinza dele não fica muito forte nos olhos (que era o meu interesse quando comprei). Dá pra usar, mas você vai ter que trabalhar em cima dele com outras sombras. Lógico que eu uso, pois não gosto de ver maquiagem estragando, mas não compraria novamente, sabe? Ele é da linha prolongwear, mas não vi muita diferença pra linha regular, já que os outros duram 4ever.

IMG_2848IMG_2852

Por último, mas não menos importante temos o meu favorito da vida: Indianwood. JURO que não dava nada pra ele quando comprei. É um dourado, meio cobre e o que eu uso no dia-a-dia. A duração é excelente e aguenta o dia todo (mais de 12 horas). Além de tudo ele é super prático. Só passar com o dedo mesmo e pronto! Foi realmente essa praticidade que me conquistou. As veeeeeezes coloco um delineador, mas nem é sempre. Acho essa sombra tão bonita que é só uma máscara de cílios e tudo tá resolvido.

Não consegui que a câmera captasse os brilhos e as cores reais dos paint pots. O “dangerous cuvée” tem glitter mesmo, já o “indianwood” é meio metálico (essa a minha definição) só que sem ficar exagerado.

IMG_2859

Fiz inclusive um gif (risos eternos) pra ilustrar COMO é prático usar esse paint pot. O que vale realmente é a intenção! Nas fotos eu só estou com corretivo, pó e o corretivo pra sobrancelhas (que não vivo sem)! Espero que tenha dado pra captar a essência! hahaha

picasion.com_6c2fc7bbc29574dd42ccb1aebcea1759

Qual é o preço?

Na Sephora do Brasil custa R$89,00 e na M.A.C gringa custa $20.

Vale a pena?

Se você não costuma se maquiar sempre ou nem tem paciência pra fazer isso no seu dia-a-dia um paint pot em uma cor neutra é uma excelente pedida. Por ser prático demais você economiza tempo e a sombra não corre o risco de ficar no lugar errado devido a sua correria diária.

Se você costuma de maquiar adora ficar testando coisas novas, os paint pots são o complemento perfeito. O douradinho, por exemplo, uso só ele no dia-a-dia, mas dá pra fazer qualquer maquiagem em cima dele.

Quanto a quantidade de produto: é infinita. Não chegou nem perto do final e eu uso bastante!

Resumindo: vale muito o investimento! É só adequar às suas necessidades.

E aí? Curtiram? Já conheciam os paint pots? Gostaram deles?

Dá a tua opinião. Queremos muito saber.

Beijos mil ;**

Review – Batom Dangerous da MAC

IMG_1144

O batom do dia (e um dos meus favoritos da vida) é o Dangerous da MAC. De primeira, antes de comprar, confesso que não curti nenhum pouco. Achei bem laranja e laranja é uma cor que eu definitivamente não curto muito. Aí olhei e vi que era vermelho, mas continuava sendo laranja, mas era vermelho…

Comprei e não me arrependi nenhum pouco. O Dangerous é retro matte, primo de acabamento do Ruby Woo, e foi lançado em 2013 junto com outras cores lindas. A boa notícia é que ele tá na linha regular da marca, ou seja, dá pra ter pra sempre. A má notícia é que ele é o mesmo esquema do Ruby Woo: tem que hidratar BEM os lábios antes de passar, porque senão fica boca descascando mesmo. Fica o “ó”.  Só o balm salva!

IMG_1149

O Dangerous é muito bonito, gente! É um laranja avermelhado. Mais precisamente é um laranja escuro com vermelho vivo e com acabamento hipermatte que eu amo, mas é ao mesmo tempo fácil de passar. Honestamente, por mais que o Ruby Woo tenha o mesmo acabamento do Dangerous, acho que nenhum outro batom é tão seco desse jeito e complicado de passar. Tá certo que a gente acostuma, poréeeem (minha opinião) ele é o mais super matte de todos os batons da MAC.

op2

Conclusão: Se você gosta de não ser discreta as vezes… vale a pena! Ele é muito lindo e chama bastante atenção. Acho que a beleza tá em ele ser diferente. Em não ser nem laranja, nem vermelho e ao mesmo tempo ter esse acabamento mate maravilhoso. Vale super o investimento!

O que você achou? Usaria ou não?

Beijos ❤