Topshop no London Fashion Week e na vida

topshop 2014

Se tem uma passarela que diz muito sobre o que vem por aí, é a do London Fashion Week. Muito do que é exibido ali, mostra inspiração para as ruas, baladas e vida nas próximas estações. E é em Londres, né? A gente já se derrete de amor só de pensar. E mais uma das coisas que a gente se derrete aqui e nem cansa de falar é da Topshop. Hoje voltamos para lembrar mais uma vez dessa marca incrível que exibiu coisas maravilhosas em um dos eventos mais comentados no mundo da moda.

topshop 2014 5

O desfile foi no último domingo, 16, no museu britânico de arte moderna Taten Modern. A nova coleção falou muito sobre a feminilidade, mas não aquela previsível e, sim, aquela da rebeldia/força/dureza. E aí a gente se apaixona mais ainda, né? Os tons marcados para a estação fazem favoritar cada vez mais a coleção: cinza, azul cobalto, marrons em vários tons, o verde mais pro musgo e, claro, o preto (<3). Bordados sobre o tule e as tatuagens orientais também estavam lá. Isso dá a ideia do que pode vir exposto pela loja. Outro detalhe foi a sugestão de passar um pouquinho de frio no inverno deles: tirando os casacos para proteger do frio, as pernas e algumas partes do corpo estavam descobertas.

topshop 2014 4

topshop 2014 12

Resumindo: a gente não podia esquecer dela no London Fashion Week. A coleção fez todo sentido! Essa feminilidade da mulher forte, nesse momento em que isso se destaca cada vez mais! Os tons que mostram essa feminilidade… Enfim, só encanta mais! Vocês ainda vão me ver falar muito da Topshop aqui, afinal é uma das marcas que mais me identifico.

topshop 2014 11

topshop 2014 7

Vamos aproveitar para contar um pouco da marca e o motivo de falar tanto assim da dela: ela é britânica, surgiu em 1962, faz parceria com grandes estilistas e é considerada uma fast fashion — marca que produz grande escala e que, teoricamente, os preços são acessíveis. Mas sabemos que quando uma loja chega aqui no Brasil, a realidade é outra em termos de valores, no caso da Topshop, existem peças acessíveis e outras que a gente precisa economizar um pouco mais pra poder investir (rs). Outra coisa legal é a versão masculina dela, a Topman.

topshop

Bom, em termos de qualidade, a marca ainda não me deixou na mão, então, eles levam uns pontinhos aí. Mas o ponto maior da minha satisfação tá nas peças: é tudo sempre muito urbano, com roupas que a gente se identifica e se vê nos dias de correria e também na balada. Claro que, como todo caso, existe exagero, só que prevalece o “socorro! Quero levar tudo!”.

Infelizmente não entrega no Brasil, mas em São Paulo já tem 3 lojas para a gente comprar! Uma no Shopping JK, outra no Market Place e outra no Iguatemi. Para quem não mora na cidade, já sabe que quando passar por lá é o momento de aproveitar (risos).

Conta o que achou da coleção, da marca, da experiência com as peças compradas… E tudo!

Um beijo!

Assista aqui o desfile.