Lookbook #7: Whole Love

CW5B0133

O lookbook #7 chegou com uma mistura de peças básicas que amamos e, para completar, cobertas por um kimono estampadão e comprido que encantamos mais ainda. Junta isso, mais o trabalho incrível das fotos do fotógrafo Mário Camarão, mais o píer da Estação das Docas e mais o solzão, só podia ser amor. Belém é muito estrela com esse cenário, não é? <3. (Todas as fotos do lookbook 7 no final do texto)

Tudo aí é super usável, tanto que, em outra ocasião, já tinha sido usado por mim. Não cheguei a registrar com fotos, mas foi no Festival Loollapalooza (tirando o salto, claro). Tudo nele é muito leve, tem nem como combinar com o início de uma tarde de sol até noite.

Começando pelo kimono, total primavera/verão, super fresquinho e esvoaçante, se torna a chave para embelezar qualquer roupa basicona. Esse foi comprado na Forever 21, no valor de R$ 89. Bati o olho e achei maravilhoso. Não resisti (rs). Sei que quando voltei na loja (poucos dias depois) não tinha mais nenhum, mas kimono não falta mais! Tem na Romwe aqui para quem curte fazer compras internacionais. Não tem como pedir internacional? Achamos modelos na lojinha que adoramos, a Oh Céus Store. Quer mais? Vai na Dress To. Olha aqui e mais esse o que ainda tem por lá.

Vamos passar agora para shorts. Esse é da Farm. Um jeans velho amigo hot pants, curtinho e com sua cintura alta. É muito favorita no meu guarda-roupa. Não abro mão de shorts, principalmente desses que são básicos e vão me possibilitar milhares de ideias na hora de montar o todo. Já comprei faz bastante tempo, acredito que esse exato modelo seja difícil de encontrar por lá, mas na própria loja costuma ter vários no estilo.  Ainda assim, para quem não encontrar quando quiser, indicamos os mesmos sites das alternativas de kimono. A Oh Céus Store tem modelos aqui que funcionariam da mesma maneira. Ainda tem a Romwe também. Quer algo mais prático? A loja Marisa tá cheia de modelos hot pants.

A blusa é uma adaptação minha. Quem me conhece sabe, amo sair por aí cortando blusas. Foi o caso dessa, rs. Antes era uma camiseta branca, com mangas e comprida, aí decidi cortar as mangas de maneira cavada. Tenho sempre essa e outras que saio picotando em busca do básico necessário para equilibrar na hora de montar roupas. Experimenta fazer em casa! Faz bem e gasta quase nada além do seu tempo. Pode pegar qualquer uma das que tem por aí,  tem aquela do namorado/amg/família (risos).

Partindo para os acessórios, vamos falar da mochilinha <3. Teve um post sobre elas aqui, com tudo aquilo que pensamos e o quanto adorávamos desde adolescentes. Agora, em alguns modelos repaginados, adotamos algumas também. O modelo da foto é mais um da Forever 21. Não sei se recomendo bolsa da loja, porque tem beleza, mas vai faltar resistência. Se você é tipo eu que, quando compra uma bolsa nova, abandona quase sempre as outras e fica só com essa, também vai sentir tanto quanto eu o peso, porque quando não tem tanta qualidade, que é o caso das da Forever, usando direto elas se acabam rapidinho. Tem mais, essa ainda custou R$ 129. Não me arrependi, a minha ainda tá inteira, mas se você procura duração, não compre lá. Encontrei modelos relativamente baratinhos na Riachuelo, C&A e Renner, assim vale mais a pena comprar. E tem um modelo parecido com a minha aqui, ó.

Para finalizar, o sapato, outro que não tiro mais dos pés. Já falamos também sobre esses de estilo tamanco, clogs e mules no Shake It (link) <3. É muito encanto por eles! Sempre fica a lembrança de sapatos vintages. Esse aí é da Zara, nova coleção (vai que ainda tem). Custou R$ 189.

E aí, curtiram o Lookbook #7?

Um beijo!

(Fotos na galeria)

Tem também no meu lookbook.nu

Advertisements

Queen Jane: para conhecer e se reinventar

queen 3

Roupas no precinho, quem não enlouquece? E quando essas roupas ainda são lindas e adaptadas/customizadas do jeitinho que a gente gosta? Pois é, é assim que a Queen Jane (loja online) trabalha. São peças de bazar reinventadas para que, finalmente, caiam no nosso guarda-roupa com todo o nosso estilo.

A Queen Jane surgiu, oficialmente, em 2012, quando as amigas Babi Santos e Ketlen Lima decidiram por em prática a missão de pensar em todas nós, deixar a vida mais bonita e tudo isso sem esquecer as responsabilidades ambientais. A peça vintage que mais cedo ou mais tarde não seria aproveitada e poderia ir para o lixo, ganha um novo ar depois de adaptada e aí ela chega até a gente. Um retrô moderno nas nossas vidas. ❤

Babi Santos conta: “A proposta da loja já avançou bastante, a ideia inicial era garimpar as melhores estampas, tecidos e cortes que conseguíssemos nos brechós da vida. Era uma ideia boa, mas achamos que poderia ficar melhor: e se fizéssemos todos os ajustes necessários para deixar as coisas exatamente do seu jeito”

Encontramos lá, shorts, saias, casaquinhos, vestidos, blusas e por aí vai. Tudo exclusivo! A reinvenção, deixa tudo único pra gente. Pode sair por aí sem precisar se esconder para não ter que encontrar alguém com a mesma roupa (quem nunca?).

Eu, particularmente, já amo bazar e sendo assim, melhor ainda. Além de tudo, o nome da loja foi inspirado na música do Bob Dylan: Queen Jane (ponto no meu <3),  o site é aconchegante, os editoriais fofos e o visual lindeza pra gente não querer sair da loja.

Nós do Shake It escolhemos algumas das nossas peças favoritas, quer ver?

Macaquinho (R$ 35)

Vestido nude campo (R$ 60)

Saia floral arabesco (R$ 60)

Saia cintura alta cinza (R$ 38)

Casaqueto couro sintético (R$ 52)

Colete quadrinhos (R$ 33)

Shorts cintura alta (R$ 42)

Blusa celeste com tachinhas (R$ 53)

Gostou? A loja entrega para todo Brasil.

Vai lá e conta pra gente quais as tuas favoritas também.

Site Queen Jane

Beijo!