Vida de Maquiadora – Parte 1

É tão lindo quando a gente faz o que a gente ama, não é? Inspirada nisso e observando várias meninas (e meninos) que amam maquiagem e estão a fim de iniciar uma carreira na área, que este post agora tá tomando forma.

Como vocês já sabem, ou não, eu (Nay) sou maquiadora no salão Manuella Hair Club aqui em Belém/PA. Além disso cuido do marketing do salão. Duas paixões que me fazem acordar todos os dias com a certeza de que fiz a escolha certa. Comecei a maquiar minhas amigas quando tinha uns 17 anos e agora, quase 10 anos depois, ai que velhaaaaaa posso dizer que aprendi muito nessa uma década de aulas da vida {muito poético}.

nay-make

Na verdade, tenho certeza que tudo feito com prazer é mais gostoso de fazer. Qualquer coisa que seja mesmo. Pode ser super clichê, mas sem esse tesão de trabalho você não se sente nenhum pouco estimulada a melhorar e as coisas começam a funcionar no automático. Teve uma hora da minha vida que me vi assim. Daí resolvi largar tudo pro alto e seguir a minha paixão. Amo criar, amo gente, amo falar demais, amo conhecer gente nova e ouvir todo dia uma história diferente. Resumindo: amo onde estou nesse exato momento e não trocaria isso por nada.

Maquiagem é paixão, mas além disso são pernas cansadas. São finais de semanas em que os seus amigos estão fazendo churrasco, postando foto na piscina ou fazendo uma viagem de final de semana. São momentos em que você tem que deixar de lado alguns muitos convites pra ter que trabalhar. É o momento em que você já maquiou tanta gente que não tem coragem de retocar a sua e vai do jeito que dá mesmo. Quem pensa que é fácil, logo se engana. Tem que gostar de trabalhar. Tem que amar o que faz. Tem que olhar pra cada cliente como se fosse a oportunidade de você participar na vida dela através das fotos que vão ficar pra sempre.

Depois dessa pequena introdução emocional motivacional que sempre arranca uma lágrima do meu coraçãozinho apaixonado, que decido começar pelo básico do básico do básico pra quem quer inciar a carreira e não sabe como:  o que ter no kit de maquiagem.

Só quem é maquiador sabe o quanto gastamos com material. Não é pouco dinheiro não. É m u i t a  g r a n a. Independente das marcas que você escolha comprar, sempre é um dinheiro grande e muito suado. Mas como começar? Acho que essa é a maior dificuldade que encontramos. Inclusive essa foi uma das coisas que mais me deixou em dúvida quando escolhi essa a minha profissão.

O que levar na maleta de maquiagem?

  1. Kit de pincéis – Escolha um completo. Que tenha pincéis de base, olhos, boca… Normalmente não achamos esses kits logo de cara e vamos complementando aos poucos com o passar do tempo.
  2. Adstringente para limpar a pele.
  3. Hidratante – Normalmente tenho um para peles secas e outro para peles normais oleosas.
  4. Demaquilante
  5. Algodão
  6. Cotonete
  7. 3 bases – Uma clara, uma média e uma escura. Esse é o básico que você precisa pra chegar na tonalidade da sua cliente.
  8. Primer
  9. Pó translúcido – Você não precisa ter um pó pra cada tonalidade. Use o pó translúcido, mas tenha cuidado em tirar o excesso dele quando for aplicar na cliente. Ele pode ser bastante perigoso quando não usado corretamente.
  10. Corretivo – Corretivo é uma coisa que você precisa ter de vários tons. Ninguém merece deixar a sua cliente panda invertido só pq você não tinha o tom exato da pele dela. Eu uso a paletta de corretivos da Make Up Forever e a Concealer Wheel da Graftobian e fico super satisfeita com o resultado.
  11. Iluminador – Tenha pelo menos duas opções.
  12. Blush
  13. Bronzer – É minha parte preferida pra contorno rápido. Pra isso, use as versões sem brilho.

O resto fica a critério do profissional. Aconselho sempre a ter uma paleta de sombras neutras e ir complementando com as cores que você curte usar. Tudo muda muito dependendo do estilo do profissional. Eu, particularmente, acho sombras opacas mais “importantes” no meu dia a dia de maquiadora do que as cintilantes, já que elas são as responsáveis pelos esfumados que amo fazer. Certamente elas são peças fundamentais na hora de ir maquiar.

Outra coisa que muda de profissional pra profissional é o primer de olhos. Eu não curto usar, mas é essencial ter uma base pra deixar os olhos prontos pra receber a sombra. No lugar no primer propriamente dito, uso o paint pot da M.A.C na cor Painterly + Jumbo Milk da NYX. É uma combinação que amo usar, mas você, com o tempo, pode sentir qual a sua! Tudo é uma questão de experimentar.

Além do amor, é importante ressaltar que só se aprende e se evolui treinando e aprendendo. No dia a dia de um maquiador você aprende a corrigir seus erros e a melhorar com o passar do tempo.

Olhando pra trás pude ver que o que eu achava que estava fazendo bem pode ficar ainda melhor. É um eterno aprendizado. Se você ainda não sabe fazer algo que vê nas fotos, pode ter certeza que, se tiver muita dedicação, vai conseguir. Pode ser hoje, amanhã ou daqui há alguns anos, mas vai conseguir.

 

Espero que vocês tenham curtido o post. Pretendo ajudar os migos que querem inciar a profissão. Deixem suas dúvidas pras próximas “edições” do post.

Beijos mil! ;*