Lookbook #12: Black Moon

lookbook 12-1Crédito foto: Mário Camarão

O novo lookbook traz referências atuais e antigas, o que é bem natural nessa vida pós-moderna, ahaha. A estampa do kiimono, o coturno e gargantilha são atuais, mas vieram de uma inspiração na década de 90 e, já nos anos 90, as pessoas utilizavam peças semelhantes, mas com referências do estilo gótico para inspirar. A moda é assim mesmo. O que usamos hoje é inspirado em outra década que já era utilizada em outros anos e por aí vai. Hoje, tudo isso trouxe para a moda (de roupas, acessórios e make) o que estão chamando de “novo gótico” gótica suave, gótica desanimada ahahaha, que várias cantoras, atrizes e modelos aderiram, como Taylor Momsen e Rihanna.

Uma observação: deixando claro que levo na piada o termo “novo gótico”, tá? Ahaha. As referências são bem legais e, independente de moda, gosto, uso e já usava, assim como muitas pessoas, alguns elementos do estilo por curtir e se sentir bem).

Se for parar para falar do gótico poderíamos começar pela arte e arquitetura do estilo, que surgiu na França. Mencionar as catedrais que o representam bem e mostrar como tudo isso influenciou no gótico subcultura, não é? Mas, centralizando como estilo de vida, ele aconteceu entre o final da década de 70 e 80, era associado diretamente a música com gêneros musicais que, mais tarde, inspiraram o surgimento do gênero próprio, o rock gótico. Na moda, ele era visto nas roupas de cores escuras tipo preto, roxo, lilás, vinho e tudo o que fosse mais “sombrio”, assim maquiagem e cabelos.

Nos anos 90, os filmes da década: Edward Mãos de Tesoura, Família Addams e outros também nos remetiam a estética gótica. Na moda, assim como hoje, peças novas se misturavam com elementos antigos, criando uma identidade, por exemplo: as gargantilhas choker que tanto falamos, os coturnos também lembram bem o gótico, meia-calça arrastão, couro preto, batons escuros e por aí vai, todas eram usadas nos 90’s. Imaginem tudo isso misturado a uma juventude que, em boa parte, vivia o grunge, já marcante nas camisas, saias e vestidos de flanela. Era um super shake de dois momentos e culturas diferentes, isso não podia cair em outra coisa além de uma fase bem original.

Mas voltando hoje e para as peças utilizadas nesse lookbook #12: esse kimono, vestido de forma casual, é uma peça bem atual, já a estampa sun moon and stars ou constelação (já falamos AQUI), transporta para a década de 90, quando foi muito utilizada. Esse é da Farm, da última coleção, me custou R$ 179 na época. Caso tenham se interessado, saibam que até pouco tempo fui na loja (de Belém) e ainda tinha, mesmo não sendo dos últimos lançamentos da última coleção (se ainda existir algum, certeza que está com descontão). No site não tem mais :(. Quem não encontrar e estiver em uma fase de kimonos escuros, aviso que na C&A tem, pelo menos, 2 modelos, um todo preto vazado e comprido e outro com flores vermelhas, mas o fundo é preto também.

O shorts jeans preto é um hot pants. Essa foi uma peça muito usada nos 90’s também. Tenho esse há um bom tempo, acho que desde 2010/2011, quando comprei na Marisa (sim, tá durando). Ele já desbotou algumas vezes, daí fui lá e tingi de novo, ahahaha. Faz tanto tempo e por isso nem lembro o valor, mas deve ter sido em torno de R$ 59,90. Esses spikes foram aplicados por mim, tinha mais, mas como enjoei tirei a maior parte e deixei esse pouquinho aí, já estou quase para tirar também, hihi. Caso tenha agradado, tem modelo parecido na Oh Céus Store aqui.

Vou juntar a blusa e a gargantilha, tá? Até porque as duas não possuem muitos detalhes. A gargantilha é mais uma das voltas por inspirações em modas passadas. Essa aí foi feita por mim. Comprei 2 metros de fitilho de camurça no comércio (para montar várias com vários pingentes) e, junto, esse pingente que achei muito bonitinho <3. Todo mundo pode ter/fazer uma. Não gastei nem R$ 5 nisso. A blusa é básica, nem lembro como comprei de tão antiga. É uma daquelas que vocês acham na Riachuelo, C&A e outras lojas de departamento. É ótima para complementar quando tem uma ou outra peça que chama mais atenção, além de ser maravilhosa para dias básicos.

O coturno vocês já viram por aqui no último look. Esse é da feira de BH, mas que vocês encontram pela internet e em sapatarias vários modelos legais e até em conta, dependendo da loja. A bolsa faz referência a um estilo folk e, ainda assim, por ser uma peça muito usada hoje, não quebrou em nada no look. Essa foi comprada na Yamada há uns 2 anos, mas também não tem dificuldade para achar. Tem um modelo lindo atualmente na C&A (vários, na vdd), tem na Renner aqui e aqui e em muitas outras lojas.

O que vocês acharam do post/lookbook black moon?

Um beijo!

6 thoughts on “Lookbook #12: Black Moon

  1. Pingback: Lookbook #14: It’s Just That Simple | Shake it!

Comenta aqui!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s